quinta-feira, dezembro 7, 2023
Destaques

Primeiro dia do Enem acaba com suposto vazamento, citações a Palestina, judeus e redação social

Chegou ao fim o primeiro dia de prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2023, às 19h deste domingo (5).

Os 3,9 milhões de inscritos no exame tiveram 5h30 para responder a 90 questões de linguagens e ciências humanas (história, geografia, sociologia e filosofia), e para entregar uma dissertação.

NÃO PERCA! R7 e Aprova Total divulgam gabarito extraoficial e fazem correção do exame ao vivo

O tema da redação deste ano foi “Desafios para o enfrentamento da invisibilidade do trabalho de cuidado realizado pela mulher no Brasil”.

Professores ouvidos pelo R7 avaliaram que a proposta foi complexa e exigiu uma leitura atenta dos textos de apoio.

Após três anos, o Enem voltou a ter questões que abordaram a ditadura militar, incluindo uma que citou o assassinato do jornalista Vladimir Herzog. O teste fez referências ainda ao romance Torto Arado, de Itamar Vieira Junior, à escritora Conceição Evaristo, à história da Palestina e à migração de judeus para o Brasil.

Outras questões trouxeram a música Alegria, Alegria, de Caetano Veloso, o tema das mudanças climáticas e do aquecimento global e violência de gênero e racial.

Redação vazou nas redes

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo processo seletivo, pediu à Polícia Federal que investigue suposto vazamento da prova — imagens do caderno com a proposta de redação circularam nas redes sociais após o fechamento dos portões, às 13h30, e antes do período mínimo estipulado para que os participantes saiam com o exame em mãos, que é após as 18h30.

Sem luz e longe de casa

O exame foi marcado ainda por relatos de participantes que demoraram mais de uma hora e meia para chegar ao local de prova e de alunos que não conseguiram revisar a matéria no sábado por causa da falta de energia em São Paulo.

Lula brinca com jaca

Em Brasília, o presidente Lula visitou o Inep acompanhado de Paulo Pimenta (Secretaria de Comunicação Social) e Camilo Santana (Educação) antes do início do exame. Junto com a primeira-dama, Janja, ele visitou a sala onde o teste é monitorado.

Ele já havia falado da prova no dia anterior. “Depois do Enem, você vai perceber como a sua vida vai começar a mudar. Eu desejo a vocês toda a sorte do mundo”, disse. Lula ainda fez uma brincadeira ao “ensinar” aos alunos o que é uma jaca.

Segunda prova

No próximo domingo (12), os candidatos terão até as 18h30 para responder a 90 questões, sendo 45 de matemática e 45 de ciências da natureza (química, física e biologia).

Segundo o calendário oficial do MEC, o gabarito oficial sai em 24 de novembro e os resultados finais serão divulgados no dia 16 de janeiro de 2024.

VEJA MAIS: Baralho, macetes e musiquinhas: veja 7 dicas para memorizar fórmulas de matemática brincando

Últimas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *