segunda-feira, maio 27, 2024
Esportes

Comissão de Atletas declara apoio a Ana Moser e critica possível demissão

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – A Comissão de Atletas do Comitê Olímpico do Brasil (COB) emitiu nota na tarde desta terça-feira (5) defendendo a permanência de Ana Moser como ministra do Esporte. Nesta segunda-feira (4), diversos órgãos de imprensa publicaram que o presidente Lula (PT) havia batido o martelo de que a minirreforma ministerial para contemplar o Centrão incluiria o Ministério do Esporte.

“O esporte não é moeda de troca. Nos sentimos envergonhados e desprestigiados, vendo que o esporte no Brasil continua sendo encarado como algo menor. A ministra Ana Moser tem o nosso apoio e o da comunidade esportiva para continuar avançando rumo às mudanças necessárias na estrutura da política pública de esporte do país, visando a democratização de seu acesso a todas as brasileiras e brasileiros”, diz a nota.

Além da Comissão de Atletas do COB, também assinam o posicionamento a Atletas Pelo Brasil (antiga Atletas Pela Cidadania), ONG que teve em Ana Moser sua voz ao longo da última década, e Movimento Esporte Pela Democracia, que conta, entre outros, com a ex-nadadora Joanna Maranhão e o ex-jogador de futebol Raí.

O grupo relata que, durante o processo eleitoral, Lula prometeu em reunião com eles que “era necessária uma ‘revolução’ na política pública de esporte, uma que ajudasse a ‘construir uma boa política de esporte para este país, da infância até a terceira idade’.

“É justamente isso que a ministra Ana Moser tem se dedicado a fazer desde o início de sua gestão, mesmo com uma equipe reduzida e recursos escassos. É imperioso notar que, não fosse ela, não seria este o rumo da política de esporte. Lamentamos que, menos de um ano depois, em nome de uma pretensa governabilidade, o governo do presidente Lula possa vir a romper com seu discurso e promessas”, reclama a nota.

De acordo com notícias veiculadas ontem, Lula pretendia anunciar a minirreforma até esta quarta-feira (6). O site Poder 360, porém, informa hoje que o deputado André Fufuca, indicado pelo PP para ser ministro, esteve com Lula, foi convidado a assumir o Esporte, pediu para conversar com a bancada do partido, e ouviu dos colegas que eles querem um ministério maior.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *