segunda-feira, maio 20, 2024
Famosos

Bruno de Luca afirma que não se lembra do acidente de Kayky Brito

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) – O apresentador Bruno de Luca prestou depoimento à Polícia Civil, na tarde desta quarta-feira (6), sobre o atropelamento de Kayky Brito. Antes de entrar na delegacia, na Barra da Tijuca, De Luca demonstrou estar abalado com o ocorrido e evitou entrar em detalhes. O depoimento, na íntegra, foi obtido pela reportagem e aponta que ele e o ator estavam se divertindo antes do ocorrido.

No dia do acidente, na madrugada do último sábado (2), De Luca afirmou à polícia que os dois tinham se encontrado na casa dele antes para conversar sobre a criação de uma peça teatral, e que não teriam ingerido bebida alcoólica. Depois, por volta das 22h de sexta-feira (1), eles partiram para o quiosque localizado na altura do posto 6, na Barra da Tijuca, no carro do apresentador.

Ali, eles “ingeriram cerveja e alguns drinks com álcool”, diz o depoimento, além de não terem utilizado mais nenhuma substância. De Luca diz que Kayky se despediu dele e que virou as costas, não sabendo “o que a vítima foi fazer em direção ao veículo” dele. O apresentador afirma ter ouvido o barulho do impacto, mas não o da frenagem e nem de uma pessoa ser arremessada para o alto.

Ele também conta que entrou em desespero porque “tem pavor de acidentes”, sem perceber que a vítima era o ator. Assim, logo depois, ele deixou o local sem o seu carro, e que não sabe como chegou em casa “devido ao trauma sofrido”. Ao acordar, ele enviou uma mensagem a Kayky, pois acreditava que o ator também teria presenciado o ocorrido, mas sem imaginar que ele fosse o atingido pelo veículo.

Somente no dia seguinte, por volta das 9h da manhã de sábado, De Luca diz que estava no aeroporto quando recebeu um telefonema de Sthefany Brito, contando sobre o acidente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *