segunda-feira, maio 27, 2024
Destaques

Dia da Independência: desfile cívico-militar marca comemorações em Rio Branco

Moradores de Rio Branco chegaram cedo para acompanhar as festividades do Dia da Independência. Com toda a estrutura montada, por volta das 7h desta quinta-feira (7) o público já começava a ocupar as arquibancadas na Avenida Getúlio Vargas.

O pequeno Fernando Caleb, de 7 anos, diz que veio com a mãe conferir o desfile cívico-militar. “Estou esperando o exército. Estou achando muito legal. Depois, vou pedir R$ 2 à minha mãe para comprar algodão doce”, diz.

A costureira Maria do Livramento levou os filhos, estudantes de colégio militar, e conta que sempre se emociona ao vê-los participar do desfile.

Maria do Livramento é costureira e disse que acompanha o desfile em Rio Branco todos os anos por causa dos filhos que participam: "emocionante, toda vez eu choro" — Foto: Júnior Andrade/Rede Amazônica

Maria do Livramento é costureira e disse que acompanha o desfile em Rio Branco todos os anos por causa dos filhos que participam: “emocionante, toda vez eu choro” — Foto: Júnior Andrade/Rede Amazônica

“Eu venho todo ano devido meus filhos, que são estudantes do colégio militar, todo ano a gente vem e acompanha. Toda vez eu choro. Meu Deus, é um orgulho”, relata.

João Gomes é vendedor e aproveitou o calor em Rio Branco para faturar pela 1ª vez no desfile: "quero vender tudinho, acabar cedo" — Foto: Júnior Andrade/Rede Amazônica

João Gomes é vendedor e aproveitou o calor em Rio Branco para faturar pela 1ª vez no desfile: “quero vender tudinho, acabar cedo” — Foto: Júnior Andrade/Rede Amazônica

Com a chegada do público, os vendedores também aproveitam para tentar garantir uma boa renda. É o caso de João Gomes, que em meio ao forte calor, investiu no comércio de água de coco. Ele diz que a expectativa é vender todo o estoque.

“Tá bom, a venda, por enquanto tá bom. [A expectativa] É de vender tudinho, né? Acabar cedo. Vou para casa, preparar mais material e tarde eu estou aqui na praça de novo com a esposa vendendo pipoca”, conta.

As famílias que estão acampadas em frente à Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) também foram até o local da festa para reivindicar moradia após uma ação de reintegração de posse no bairro Irineu Serra. Com cartazes e apitos, os manifestantes se dirigiram ao governador Gladson Cameli, que chegou a tentar conversar com o grupo, mas mudou de ideia.

Cameli disse que o Dia da Independência deve ser encarado como uma chance para fortalecer a democracia. Ele diz que a ideia é diminuir diferenças e respeitar todas as opiniões.

“Manter a democracia, manter a liberdade de expressão, respeitar as opiniões e que a gente possa juntos construir um país mais justo, menos desigual, para que a gente possa, governantes, homens públicos, cumprirmos com o nosso papel. Que o sete de setembro possa cada ano mais trazer benefícios, e, como eu falei, diminuir as diferenças que nós temos e vencer os desafios que precisamos vencer. E essa consciência eu tenho, sei que temos muito, e vamos continuar nossa luta, mas sempre respeitando as opiniões. Sem querer atrapalhar, aquilo que eu sempre defendo. Democracia e liberdade de expressão a todos”, ressalta.

 

Governador do Acre, vice e demais autoridades das forças de segurança compareceram ao desfile em Rio Branco — Foto: Júnior Andrade/Rede Amazônica

Governador do Acre, vice e demais autoridades das forças de segurança compareceram ao desfile em Rio Branco — Foto: Júnior Andrade/Rede Amazônica

Mudanças no trânsito

 

População aguarda desfile de 7 de setembro em Rio Branco — Foto: Júnior Andrade/Rede Amazônica

População aguarda desfile de 7 de setembro em Rio Branco — Foto: Júnior Andrade/Rede Amazônica

As principais vias do Centro foram fechadas a partir das 7h para concentração dos estudantes e as forças de segurança que vão desfilar. A orientação é de que a população utilize a Avenida Ceará se quiser se deslocar pelo 1º Distrito e a Quarta e Terceira Ponte se precisar ir para o 2º Distrito da capital.

Veja abaixo os trechos que devem ser fechados para o desfile:

Programação

 

  • 8H – Revista às tropas
  • 8h15 – Início do desfile na Avenida Getúlio Vargas, em frente à Biblioteca Pública Estadual

 

1. Desfile de força (1º bloco):

  • 4º BIS
  • 7º BEC
  • Destacamento de controle do espaço aéreo RBR (aeronáutica)
  • Banda de música do Exército do 4º BIS
  • Veículos oficiais federais
  • 4º BIS
  • Marinha

 

2. Instituições Estaduais e Sociais (2º bloco):

  • Banda de música Amigos Solidários BANDA DE MÚSICA AMIGOS SOLIDÁRIOS
  • Pelotão Projeto Amigos Solidários
  • Escola Dom Bosco
  • Demolay
  • Filhas de Jó
  • Estela do Acre

 

3. Grupamento Mirins (3º bloco):

  • Banda de Música Mirim da Polícia Militar
  • Escoteiros
  • Colégios militares (4º bloco):
  • Colégio Militar Tiradentes (PM)
  • Colégio Militar Dom Pedro II (CBMAC)
  • Colégio Cívico-Militar Wilson Barbosa (CBMAC)
  • Forças Estaduais (5º bloco):
  • Polícia Militar (PM-AC)
  • Corpo de Bombeiros Militar (CBMAC)
  • Psicológos, assistentes sociais, técnicos em execuções penais e técnicos administrativos
  • Grupamento dos PPS
  • Serviços de Operações e Escoltas e Canil
  • Gepoe
  • Polícia Civil (PC-AC)

 

4. Comboio de viaturas estaduais (6º bloco):

  • Políicia Civil
  • Polícia Militar
  • Corpo de Bombeiros Militar
  • Viaturas da Ciftran
  • Samu (ambulâncias)
  • Ciopaer (Sejusp)

 

5. Veículos Civis (7º bloco):

  • Fuscas
  • Veículos antigos (variados)
  • Motocicletas (Motoclube)

 

Colaborou Junior Andrade, da Rede Amazônica Acre.

  • Av. Getúlio Vargas com Av. Nações Unidas;
  • Canal da Maternidade;
  • Av. Getúlio Vargas com Rua Rui Barbosa;
  • Rua Floriano Peixoto com Rua Rui Barbosa;
  • Rua Floriano Peixoto com Rua Rio Grande do Sul;
  • Rua Arlindo Porto Leal;
  • Av. Brasil com Rua Marechal Deodoro;
  • Acessos à Rua Benjamin Constant.

 

Agentes do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran), da Coordenadoria Integrada de Fiscalização de Trânsito (CIFTran) e da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito de Rio Branco (RBTrans) vão auxiliar os motoristas e pedestres.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *