domingo, março 3, 2024
Política

Governo estuda ampliar Minha Casa, Minha Vida para famílias com renda de até R$ 12 mil

O governo estuda incluir famílias com renda mensal de até R$ 12 mil no Minha Casa, Minha Vida. De acordo com o ministro das Cidades, Jader Filho, a demanda partiu do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e visa incluir a classe média no programa habitacional. A declaração do ministro foi feita na transmissão do Conversa com o Presidente, nas redes sociais, nesta terça-feira (7).

“Estamos neste momento em discussão dentro do Ministério das Cidades, da Secretaria Nacional de Habitação, estamos conversando com a Caixa e estamos discutindo com eles para a gente poder fazer uma faixa estendida até R$ 12 mil”, disse o chefe da pasta das Cidades.

“Precisamos atender um maior número de famílias. Quanto mais famílias nós pudermos trazer e elas realizarem o sonho da casa própria, é importante que isso seja atendido”, completou o ministro.

Lula defendeu a ampliação das faixas de renda do programa e disse que o governo deve financiar imóveis para a população que quiser adquirir casas maiores. “Queremos, inclusive, Faixa 4 [no Minha Casa, Minha Vida]. Queremos que pessoas que querem uma casa de três quartos, de quatro quartos, possam ter uma casa financiada pelo governo.”

O ministro das Cidades também afirmou que o governo prevê superar a meta de 2 milhões de unidades habitacionais até o fim do mandato de Lula, em 2026. “Vamos ultrapassar a meta de 2 milhões de unidades habitacionais nestes próximos quatro anos”, disse.

Jader Filho declarou, ainda, que os mutuários do Minha Casa, Minha Vida que também são beneficiários do Benefício de Prestação Continuada (BPC) e do Bolsa Família terão os contratos de financiamento quitados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *