sexta-feira, maio 24, 2024
M de Mulher

Lavar o cabelo com água mineral é bom? Saiba motivo e benefícios

Beber água mineral faz bem para a saúde do corpo. Mas você sabia que lavar o cabelo com água mineral também pode trazer benefícios para os fios? Apesar de parecer bobagem, o pH e a temperatura da água e até o material da tubulação podem interferir, sim, na integridade dos fios.

Parece exagero? Segundo um estudo de 2013, conduzido pela empresa Proctor & Gamble e publicado no International Journal of Cosmetic Science, o cobre (material usado em muitas tubulações de água) é um grande vilão. Com o tempo, os canos acabam liberando partículas de sulfato de cobre, que podem se depositar na cutícula e, ao longo do tempo, enfraquecer a fibra capilar.

 

A dermatologista Marina Pipa explica: “O problema é, principalmente, a tubulação, que precisa de manutenção regular. As caixas d’água, cisternas e encanamentos devem ser limpos regularmente, a cada seis meses, para evitar uma possível contaminação”.

 

Lavar o cabelo com água mineral é bom? Saiba motivo e benefícios — Foto: Freepik

Lavar o cabelo com água mineral é bom? Saiba motivo e benefícios — Foto: Freepik

Mas esse não é o único problema: “A água encanada de chuveiro tem muitos agentes químicos e cloro, o que faz com que o cabelo fique mais ressecado. Além disso, o PH e a temperatura podem interferir na hidratação dos fios”, complementa a dermatologista Lilian Delorenze, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

 

O resultado são fios opacos e mais ressecados, além de possíveis alterações na coloração em cabelos tingidos.

Além da qualidade da água variar de região para região (ou mesmo entre países), o histórico capilar de cada pessoa também é decisivo para o tamanho da interferência e nível de dano causado. Quem já está com o cabelo mais seco e sensibilizado, por exemplo, ou já passou por processo de tingimento, acaba absorvendo muito mais as imperfeições da água.

Por isso, instalar um filtro no chuveiro pode, sim, ser uma opção válida. “A água do chuveiro contém composto químicos, como o cloro, que influenciam negativamente na saúde capilar. O filtro funciona removendo resíduos contaminantes da água, além de contribuir para o aumento da vida útil dos equipamentos”, defende a Dra Lilian Delorenze.

 

Expectativa vs realidade

 

Lavar o cabelo com água mineral é bom? Saiba motivo e benefícios — Foto: Freepik

Lavar o cabelo com água mineral é bom? Saiba motivo e benefícios — Foto: Freepik

Se a instalação de um filtro não parece uma opção prática ou viável, não se preocupe. Existem outras maneiras de driblar os efeitos da presença de elementos químicos na água. Um banho com uma garrafinha mineral ao final da lavagem ajuda, embora não com a mesma efetividade. Nesse caso, a água mineral pode ser usada no último enxague, logo após passar o condicionador.

 

“500 ml de água mineral bastam para ter um cabelo totalmente diferente do que lavando apenas com água do chuveiro, como a grande maioria das pessoas estão habituadas”, defende a tricologista Viviane Coutinho, mestre docente da Academia Brasileira de Tricologia (ABT).

 

“Esteja atenta também à temperatura da água, que não deve ser nem muito fria, nem muito quente, para não ativar a oleosidade dos fios. Uma outra dica é apostar em xampus antirresíduos sempre que achar que seu cabelo está mais pesado”, ensina a Dra Lilian.

 

Lavar o cabelo com água mineral é bom? Saiba motivo e benefícios — Foto: Freepik

Lavar o cabelo com água mineral é bom? Saiba motivo e benefícios — Foto: Freepik

Aliás, no quesito cabelos oleosos, que geralmente apresentam um aspecto mais pesado, a temperatura da água — seja mineral ou não — é ainda mais importante.

 

“Água quente é inimiga do cabelo saudável, nunca se esqueçam disso. Assim como no chuveiro, a recomendação é usar água mineral em temperatura ambiente. Diferente disso, já acelera a oleosidade do couro cabeludo. Também não usem água com gás, já que ela é mais processada e menos pura”, explica Viviane.

Fonte: gshow

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *