terça-feira, maio 21, 2024
Famosos

Namorada de Toguro é extubada após complicações pós-parto

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – O influenciador Tiago Toguro confirmou que a namorada, Nara Paraguaia, foi extubada, “está bem, acordada e falando”. Ela apresentou complicações pós-parto e está internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital e Maternidade Santa Joana, em São Paulo.

“Ela ainda está na UTI. Ela acordou da intubação. Ela recebeu três litros de sangue. Eu nunca vivenciei a importância da doação de sangue. Eu vou doar sangue essa semana. Vou incentivar toda a minha galera, toda a minha turma, sempre a doar sangue. Se não tivesse esse estoque de sangue aqui no hospital, não teria salvado ela. A doação de sangue salvou uma vida […] é um milagre.”

O influenciador falou da ansiedade da companheira para ficar com o filho, Gael. “A Nara era para ser desentubada amanhã, mas ela acordou hoje. Ela está acordada. O único problema é a ansiedade que ela está para ver o filho. O único problema é esse. Ela não está dormindo. Ela não conseguiu dormir. E ela tem que dormir para descansar.”

Ele também atualizou o estado de saúde da criança: “O bebê está 100% bem. Está suplementando. Como não tem leite materno. A Nara não pode ver o bebê”.

Tiago Toguro apareceu chorando nos Stories do Instagram e desabafou sobre o nascimento do filho e a internação da namorada, pedindo orações: “Ela não merece, orem por ela”.

O parto seria normal. “Deus não pode me castigar desse jeito. A Nara ia ter parto normal, não conseguiu e induziu uma cesariana”, contou Toguro. “O bebê nasceu, mas ela está sangrando muito”.

“Galera, pra ficar bem claro: sempre foi e é o sonho da Nara ter filho com parto normal. Fez todo processo e no último segundo o bebê não tava passando. Ela fez cesariana, colocou os pontos e no final de tudo começou a ter sangramento vaginal, começou a sangrar muito. O estado dela é grave”, afirmou.

Nara ficou cerca de 11 horas em trabalho de parto. Em publicação no Instagram, Toguro afirmou que ela também perdeu o útero: “[Ela] não poderá ter mais filhos. Se não tirasse o útero, não teria chances de sobreviver”.

O UOL fez contato com o Hospital Santa Joana para saber o atual quadro clínico da paciente Nara Paraguaia e se havia indicativos do que provocou as complicações pós-parto, mas ainda não obteve resposta até a publicação da matéria. O espaço será atualizado quando houver retorno.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *