sexta-feira, março 1, 2024
Esportes

Sobrinho de ex-Liverpool mata três homens do Hamas para salvar família

O conflito armado entre Israel e Palestina continua a causar muitas mortes, e nesta segunda-feira, 9 de agosto, chegou mais uma história com relação direta ao futebol. Yossi Benayoun, ex-jogador israelense que jogou no Liverpool e no Chelsea, revelou que o sobrinho matou três militares do Hamas para salvar a família.

“Estou em choque. Foi um grande milagre. Vivi o dia mais difícil da minha vida. Já tinha interiorizado que estavam todos mortos, mas depois deu-se um milagre graças ao meu sobrinho herói”, explicou Yossi Benayoun, em declarações ao jornal Ynet Sport.

O mesmo jornal explica que a irmã de Benayoun vive numa cidade perto da Faixa de Gaza, e sua casa foi invadida por quatro militares do Hamas. O sobrinho Shaked ainda conseguiu enviar uma mensagem ao tio, que dizia “Tio, por favor, salva-nos”, antes das comunicações serem cortadas.

Shaked, oficial da Brigada Golan – da unidade de infantaria das forças armadas israelenses – acabou por salvar a família, matando três dos quatro militares do grupo islâmico. O restante fugiu, lançando uma granada para dentro de casa. O cunhado de Benayoun foi atingido numa das mãos e teve de ser operado, mas já se encontra livre de perigo.

Leia Também: Neta faz apelo desesperado para encontrar avó sequestrada pelo Hamas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *