segunda-feira, abril 22, 2024
Esportes

Abel Ferreira é suspenso por dois jogos pelo STJD após insinuar roubo contra o Palmeiras

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) puniu Abel Ferreira, nesta terça-feira, com dois jogos de suspensão no Campeonato Brasileiro pela insinuação de que o Palmeiras estava sendo “roubado” pela arbitragem no jogo contra o Grêmio, no dia 21 de setembro, em partida válida pela 24ª rodada.

Na ocasião, o time alviverde foi derrotado por 1 a 0, em Porto Alegre. O clube paulista também foi punido em R$ 2 mil pela infração cometida pelo treinador português.

Abel deixou o gramado da Arena do Grêmio fazendo um gesto de roubo com as mãos e falando “isso é roubar, isso é roubar”, em direção às câmeras de transmissão. O árbitro Bruno Arleu de Araújo relatou a reclamação na súmula e o treinador foi denunciado no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, referente à conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva.

“Após o término do jogo, quando me dirigia ao vestiário, fui informado pelo VAR, sr. Igor Junio Benevenuto, que após verificar as imagens da cabine do árbitro de vídeo, identificou que o treinador do Palmeiras, sr. Abel Fernando Moreira Ferreira, se dirigindo a zona mista do estádio, fez com a sua mão direita, gestos com os dedos, e proferiu as seguintes palavras através da leitura labial: ‘isso é roubar! isso é roubar! isso é roubar'”, citou o árbitro na súmula da partida.

Na entrevista coletiva após a partida, Abel Ferreira se defendeu e disse que a derrota do Palmeiras para o Grêmio por 1 a 0 não se deu por causa da arbitragem. “O que acontece no campo fica no campo.” Além disso, afirmou seu desejo de que as câmeras na área técnica, próxima ao treinador, sejam retiradas.

“Pedi à CBF se pudesse fazer, o que fez com o Diniz, para tirar o microfone para não ouvirem, se tirar um cameraman ao meu lado, se puder tirar. Microfone já me dou bem com ele, já fizemos as pazes. Se fizer favor de tirar o câmera man, ouve o que faço, tudo que faço. Os protagonistas estão dentro das quatro linhas.”

Com a punição, Abel desfalcará o Palmeiras nas partidas contra Atlético-MG, no Allianz Parque, em São Paulo, e Coritiba, no estádio Couto Pereira, na capital paranaense. Eliminado na semifinal da Copa Libertadores, o time alviverde concentra suas forças no Brasileirão. A equipe paulista está na quarta colocação, com 44 pontos, a 11 do líder Botafogo, com 55. O departamento jurídico do clube irá recorrer à decisão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *