segunda-feira, abril 22, 2024
Mais Polícia

Ex-presidiário é morto a tiros durante trabalho em lava-jato de Marabá

Gabriel Silva Sales, de 18 anos, foi assassinado a tiros, na tarde desta quarta-feira (8), enquanto trabalhava em um lava-jato na avenida Orlando Solino, no bairro das Laranjeiras, em Marabá, no sudeste do Pará. Um homem, ainda não identificado, desceu de um carro branco e atirou várias vezes contra a vítima, que era ex-presidiária. Ninguém foi preso e a motivação do crime é desconhecida.

O portal Correio de Carajás, além de divulgar as informações do caso, apurou que Gabriel esteve preso dois meses atrás, mas há poucos dias conseguiu o Alvará de Soltura. O jovem não voltou para casa onde vivia com a mãe, o padrasto e as irmãs e teria passado a morar no imóvel de conhecidos. Inclusive, tem menos de uma semana que Gabriel começou a trabalhar no local onde foi morto.

A Polícia Militar acredita que mais uma pessoa estaria no automóvel usado no crime. O padrasto da vítima, Jorge da Conceição, não soube dizer ao Correio se o enteado vinha recebendo ameaças. Por outro lado, pessoas ligadas a Gabriel confirmaram que, antes de ser preso, ele tinha sido ameaçado e teria envolvimento com facção criminosa.

Em nota divulgada na tarde desta quinta-feira (9), a Polícia Civil informou que equipes da Delegacia de Homicídios de Marabá trabalham para identificar os envolvidos no caso.

Fonte: Oliberal.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *