segunda-feira, abril 22, 2024
Esportes

Galvão Bueno diz que se sentiu um ‘peixe fora d’água’ por não ter narrado jogo do Brasil

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) – Aposentado desde o fim da Copa do Mundo do Qatar, em dezembro de 2022, Galvão Bueno desabafou antes da partida entre Bolívia e Brasil nesta sexta-feira (8). Ex-funcionário da Globo contou que estanhou ter ficado de fora de uma narração esportiva decisiva da seleção brasileira.
“Sempre disse que as Eliminatórias da Copa já é a Copa do Mundo. Brasil e Bolívia jogam em Belém, no Pará. Vou estar assistindo na Globo torcendo para a seleção brasileira. Mas confesso que estou me sentindo meio que um peixe fora d’água”, publicou Galvão, no Instagram, na sexta (8).

Galvão então prosseguiu: “Desde 1974, vai ser a primeira vez que eu não estou diretamente ligado a um evento desse, a uma transmissão, a estar juntos com a seleção. São 49 anos, só de Globo 42 anos desde a Copa de 1982 para cá”, refletiu para logo completar: “Estou me sentindo um pouco estranho por ter virado telespectador. É muito importante na vida de um profissional estar ali comandando as transmissões da seleção brasileira. Vou ficar até meio tristinho”.

Na primeira partida sob o comando do técnico Fernando Diniz, a seleção brasileira derrotou a Bolívia por 5 a 1 no estádio Mangueirão, em Belém, no Pará, na rodada de abertura das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2026. Rodrygo (2), Raphinha e Neymar (2) marcaram os gols do Brasil e Ábrego descontou para os bolivianos.

Leia Também: Jorge Martín vence etapa de San Marino da MotoGP e se aproxima de Bagnaia no Mundial de Pilotos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *