segunda-feira, maio 27, 2024
Mais Polícia

Polícia prende suspeito de mandar matar médico por vingança

No sábado (26), a polícia prendeu um homem identificado apenas como Romário em Novo Aripuanã, onde ele estava escondido. Ele confessou ser o mandante do atentado e disse que estava sob efeito de drogas e álcool no dia do crime. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde deve responder por tentativa de homicídio qualificado.

O crime foi motivado por vingança, pois o suspeito Romário teria culpado o médico pela morte de seu irmão, que era paciente dele. O atentado ocorreu na manhã de terça-feira (22), quando o médico estava dirigindo seu carro no conjunto Vieiralves. Ele foi baleado por um homem em uma motocicleta, que fugiu em seguida. O médico foi socorrido e levado para o Hospital 28 de Agosto, onde passou por uma cirurgia e se recupera bem. Na quarta-feira (23), a polícia prendeu três pessoas suspeitas de participação no crime, sendo duas mulheres e um homem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *