terça-feira, abril 23, 2024
Polícia

Dona de um restaurante deu trufas com veneno para os funcionários de uma oficina

A dona de um restaurante em Niterói, no Rio de Janeiro, deu trufas com veneno para os funcionários de uma oficina mecânica localizada na frente do seu estabelecimento comercial. Ela teria pegado R$ 3 mil emprestado com um deles e, sem conseguir devolver o valor, decidiu tentar matá-los. Ela foi presa na sexta-feira (10), pela Polícia do Rio de Janeiro.

A mulher foi identificada como Tatiane de Souza Porto e, além de empresária, é servidora pública federal. O nome do restaurante é Delicias da Tati. De acordo com a polícia, o caso ocorreu no bairro de Fonseca, onde ficam o restaurante e a oficina, um de frente para o outro. O contato diário aproximou Tatiane dos funcionários da oficina até que um deles emprestou a quantia a ela.

A investigação aponta, ainda, que a situação se deu após a mulher ser cobrada diversas vezes. Sem ter como pagar, Tatiane deu algumas de suas delícias à vítima. Neste caso, trufas envenenadas. Mas, além do credor, também ingeriram os bombons os filhos do homem e outras pessoas com quem ele compartilhou. Resultado: todos passaram mal

Uma das pessoas comeu duas trufas e passou mal na hora. O homem a quem Tatiane devia teve uma parada cardiorrespiratória e ficou internado duas semanas na UTI. Outro funcionário da oficina comeu uma trufa e não teve fortes reações, mas o filho dele, de 13 anos, comeu duas, e também sofreu parada cardiorrespiratória e precisou ficar internado vários dias.

O caso aconteceu durante a Páscoa, quando os homens almoçaram no restaurante de Tatiane e receberam as trufas de presente. Quatro pessoas comeram os bombons. Neles, a perícia identificou terbufos, um composto químico usado em inseticidas e nematicidas, que pode ser letal aos humanos caso ingiram o produto. As informações são do portal G1.    

Fonte: Oliberal.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *