script async src="https://pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js?client=ca-pub-2913509317834347" crossorigin="anonymous"> Mergulhador famoso por bater recorde morre em expedição subaquática
sexta-feira, junho 14, 2024
Mundo

Mergulhador famoso por bater recorde morre em expedição subaquática

Um mergulhador de grutas, que ficou famoso por ter batido vários recordes ao mergulhar nas profundezas do mar e pelas suas contribuições para a investigação científica, morreu durante uma expedição subaquática.

Os mergulhadores recuperaram o corpo de Brett Hemphill, de 56 anos, no domingo, depois de não ter voltado de uma exploração de cavernas com o seu colega Andy Pitkin.

Brett, que era presidente da Karst Underwater Research, havia iniciado na quarta-feira anterior uma expedição à gruta Phantom Springs, no oeste do Texas, por volta das 10h45.

O homem perdeu o contato com a sua equipe em terra, tendo estes suspeitado que Brett estava preso a mais de um quilômetro e meio dentro de uma gruta subaquática. 

Responsáveis pela associação liderada por Brett vieram confirmar, em comunicado,  que no domingo à noite o seu corpo havia sido encontrado e recuperado.

Hemphill foi presidente da Karst Underwater Research, uma organização sem fins lucrativos sediada na Flórida, centrada na investigação científica para ajudar a preservar e proteger as grutas subaquáticas.

Teve uma carreira ilustre como explorador de grutas, tendo passado mais de 25 anos batendo recordes de mergulho e  recolhendo dados científicos.

Em 2008, o mergulhador e a sua equipe bateram o recorde de profundidade em cavernas dos EUA em Weeki Wachee Springs, na Florida, ao mergulharem a uma profundidade de 465 pés. Em 2013, bateram o seu próprio recorde ao mergulhar, desta vez, a 8 mil pés, refere o The Independent.

Leia Também: Jeremy Allen White promete parar de ingerir álcool como parte de acordo de guarda das filhas

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *