sexta-feira, maio 24, 2024
Saúde

Saúde do Acre promove campanha de conscientização sobre o Setembro Amarelo

O mês de setembro é marcado por uma importante campanha de conscientização e prevenção ao suicídio em todo o mundo. No entanto, a iniciativa conhecida como Setembro Amarelo acontece durante todo o ano e se tornou a maior campanha anti-estigma global. Em 2023, o lema da campanha é simples, mas com uma mensagem forte: “Se precisar, peça ajuda!”.

O suicídio é uma triste realidade que afeta todas as nações, causando profundos prejuízos à sociedade. De acordo com a última pesquisa da Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2019 foram registrados mais de 700 mil casos de suicídio em todo o mundo, embora esse número seja considerado subnotificado, e estima-se que haja mais de 1 milhão de casos. No Brasil, os registros se aproximam de 14 mil casos por ano, o que equivale a uma média de 38 pessoas tirando suas próprias vidas diariamente.

Campanha da Sesacre e Rede de Atenção Psicossocial (Raps) pela conscientização e combate ao suicídio. Imagem: Sesacre

O governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria de Saúde (Sesacre), está engajado no apoio à campanha Setembro Amarelo. No dia 18 de setembro, às 9h, a Sesacre realizará uma programação com o tema: “Fortaleça os Laços”, com exposições, palestras e atividades voltadas ao assunto.

Para o secretário de Saúde, Pedro Pascoal, o Setembro Amarelo é uma oportunidade vital para lembrar a importância da conscientização sobre saúde mental, do apoio às pessoas que enfrentam dificuldades emocionais e da promoção de um ambiente onde todos se sintam à vontade para pedir ajuda quando necessário.

Secretário de Saúde do Acre, Pedro Pascoal. Foto: Júnior Aguiar/Sesacre

“É uma campanha que busca não apenas prevenir o suicídio, mas também quebrar o estigma em torno das doenças mentais, proporcionando um ambiente de compreensão e apoio para aqueles que precisam”, explicou.

Ana Beatriz Souza, diretora de Regulação e Rede de Atenção à Saúde da Sesacre, destacou a importância da campanha: “A Sesacre tem sua visão voltada para o combate ao suicídio e a melhoria da assistência aos pacientes que buscam serviços com questões específicas relacionadas a esse tema. Estamos estabelecendo fluxos, firmando parcerias e atuando de forma incisiva na política de saúde mental”, destacou.

Ana Beatriz Souza, diretora de Regulação e Rede de Atenção à Saúde da Sesacre. Foto: Ascom/Sesacre

Embora haja uma tendência global de redução dos números de suicídios, os países das Américas estão indo na contramão dessa tendência, com índices em crescimento, de acordo com a OMS. Neste mês e durante todo o ano, é fundamental lembrar: se você ou alguém que você conhece está enfrentando problemas de saúde mental ou pensamentos suicidas, não hesite em pedir ajuda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *