terça-feira, abril 23, 2024
Polícia

Homem mata cachorro a facada e ameaça pessoas no interior do Acre

Um homem identificado pelo apelido de “Grande”, morador da Comunidade Periquito, situada no Rio Liberdade, BR-364, zona rural de Cruzeiro do Sul, é acusado de ter matado nesse domingo,12, um cachorro com uma facada no coração na porta de uma igreja evangélica.

 

“Grande”, que já foi preso por homicídio, segundo o pastor Francisco Sena, dono do animal, é apontado por causa terror na localidade.

 

“Esse homem é o terror daqui, uma ameaça para todos. Ele trouxe uma comida e matou meu cachorro com uma facada no coração. Ele já foi preso pela morte de um soldado. A mãe dele já teve que dormir lá em casa porque ele a ameaça. Ela corre para mata, para a casa de vizinhos, com medo do próprio filho”, relata o pastor, que vai registrar um Boletim de Ocorrência na Delegacia Geral de Polícia Civil de Cruzeiro do Sul.

“A comunidade está em pânico. A gente precisa da ação das autoridades policiais aqui”, relata o homem.

 

Na esfera penal, o crime de maus tratos a animais é previsto pelo artigo 32 da lei nº 9.605, com alteração da lei nº 14.064/2020, prevendo pena de reclusão de 2 a 5 anos. Em caso de morte do animal, a pena pode ser aumentada em um terço a um sexto da pena.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *