segunda-feira, maio 20, 2024
Mundo

Brasileiro preso nos EUA diz à polícia que planejava fugir para o Canadá

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – O brasileiro Danilo Cavalcante, recapturado nesta quarta-feira (13) 14 dias após fugir de uma prisão nos Estados Unidos, disse em depoimento à polícia que planejava viajar ao Canadá para continuar sua fuga.

O fugitivo afirmou que tinha planos de roubar um carro para viajar ao país. “Ele percebeu a presença das forças de segurança onde estava, viu que era imensa, e sentiu que precisava deixar o local”, disse o vice-marechal do U.S. Marshals Service, Robert Clark, à CNN.

Cavalcante também relatou que policiais quase pisaram nele várias vezes durante as buscas. Segundo Clark, o brasileiro não detalhou os momentos exatos em que isso aconteceu, mas disse que ocorreu quando ele se escondia na vegetação.

BRASILEIRO FOI TRANSFERIDO PARA PRISÃO DE SEGURANÇA MÁXIMA

Danilo Cavalcante ficará na Instituição Correcional Estadual Phoenix, localizada no condado de Montgomery, próximo a Chester.

O departamento de polícia de Pensilvânia também divulgou uma foto de Cavalcante, já preso no novo local.

FUGITIVO FOI ALCANÇADO POR CÃO

As autoridades da Pensilvânia informaram que Cavalcante não percebeu que estava cercado e tentou fugir, mas foi alcançado e mordido por um cão da polícia.

Segundo o tenente-coronel George Bivens, da Polícia Estadual da Pensilvânia, o primeiro sinal da localização ocorreu após um alarme ser disparado em uma casa da região. Cavalcante não foi encontrado na residência, mas uma aeronave utilizada nas buscas encontrou um sinal de calor próximo dali.

Condições climáticas adiaram a prisão de Danilo Cavalcante. Forças táticas ficaram na área após o avião precisar partir. “Infelizmente, tivemos más condições climáticas, como raios, o que fez com que o avião tivesse que sair da área. Equipes táticas ficaram na região até que pudessem ser trazidos recursos para garantir que não houvesse uma fuga”, afirmou George Bivens durante a coletiva.

Cavalcante foi encontrado em meio a pilha de ripas de madeira em uma área rural. Na manhã desta quarta, pouco antes de 8h30, a localização de Cavalcante foi confirmada novamente por sinais de calor, e ele foi cercado pelas forças de segurança.

O brasileiro não percebeu que estava cercado e tentou fugir com o fuzil que portava. “Ele tentou escapar e tentou rastejar com o seu rifle”, disse George Bivens.

Um cachorro da corporação alcançou Cavalcante e o mordeu, o que deu tempo para os policiais imobilizarem o fugitivo. Mesmo assim, Cavalcante ainda tentou resistir à prisão, afirmou o tenente-coronel. Cavalcante ficou ferido da mordida, mas foi atendido no caminho da prisão.

Leia Também: Cachorro da polícia foi responsável por prisão de brasileiro que estava foragido nos EUA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *