script async src="https://pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js?client=ca-pub-2913509317834347" crossorigin="anonymous"> Gabigol, vaias e crise: Athletico passeia e vence Flamengo no Brasileirão
sexta-feira, junho 14, 2024
Esportes

Gabigol, vaias e crise: Athletico passeia e vence Flamengo no Brasileirão

Em mais uma partida abaixo da crítica, o Flamengo viu o bem postado Athletico-PR calar a torcida que compareceu em bom peso no Kleber Andrade em Cariacica (ES). Assim, no jogo desta quarta-feira (12/9) pela 23ª rodada do Brasileirão, deu Furacão 2 a 0, gols de Cacá e Alex Santana. Afinal, Sampaoli voltou a inventar (David Luiz de volante, Thiago Maia de lateral)  e o Mengo, perdido e com dez na etapa final (Gabi expulso), foi presa fácil para um Furacão que estava tão desfalcado quanto os cariocas, mas sem invenções do seu treinador.

Veja aqui a tabela de classificação do Brasileirão

O Flamengo para nos 39 pontos, em quarto lugar, mas com risco de perder duas posições na tabela e vendo suas chances mínimas de título virarem quase pó. O Furacão foi aos 37 pontos, entrando no G6, mas pode perder posições.

Flamengo só foi bem no primeiro tempo

O início do jogo deu a impressão de que o Flamengo comandaria as ações e pressionaria o Furacão. Afinal, Gabi quase marcou aos dois minutos, para defesa de Leo Linck. Contudo, o time carioca falhou demais na saída de bola, com saídas erradas de Matheus Cunha, Thiago Maia e, principalmente, de David Luoiz, irreconhecível.

O Furacão teve boas oportunidades e numa delas, aos 26, em erro de marcação do Mengo, Vitor Bueno arriscou de fora da área. Assim, a bola bateu em Pedro e matou o goleiro Matheus Cunha, que ainda teve reflexo para tirar com o pé. Mas a sobra ficou com Cacá, que fez 1 a 0. Dessa forma, o Furacão seguiu criando em cima dos erros do Fla, que só foi ter uma chance real no fim, num escanteio de Gabi que Leo Pereira cabeceou e Madson salvou na linha.  Vitória justíssima dos visitantes no primeiro tempo.

Athletico mata o jogo no segundo tempo

O Flamengo voltou um pouco melhor com as saídas de seus dois piores em campo (David Luiz e Victor Hugo). Dos que entraram, Everton Ribeiro deu bons passes, mas Allan logo se machucou, aos 16 minutos. Pouco depois, Gabigol acertou uma cotovelada em Cuello e foi expulso. Com dez, o Fla viu o Athletico cadenciar o jogo e, aos 39, em falha de Leo Pereira,  Alex Santana pegou de primeira de fora da área para fazer 2 a 0. Assim, ele foi ironicamente aplaudido pela torcida do Fla, que vaiou muito o time. Tome crise para a final da Copa do Brasil (ida no domingo).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *