script async src="https://pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js?client=ca-pub-2913509317834347" crossorigin="anonymous"> Homem é preso por suspeita de se passar por ator Chay Suede na Bahia
terça-feira, maio 28, 2024
Famosos

Homem é preso por suspeita de se passar por ator Chay Suede na Bahia

SALVADOR, BA (FOLHAPRESS) – Um homem foi preso em flagrante em Salvador suspeito de tentar habilitar um aplicativo do BRB (Banco Regional de Brasília) para realizar movimentações em conta aberta em nome do ator Chay Suede.

O suspeito, identificado como Alealdo Saraiva Silva, conseguiu abrir a conta e conseguiu um limite de R$ 200 mil no cartão de crédito e mais R$ 25 mil no crédito especial. Quando ele movimentou R$ 1.000 via Pix, a instituição financeira bloqueou o aplicativo do banco. A prisão ocorreu nesta terça-feira (12),

Questionada, a Polícia Civil não informou o nome do advogado de defesa do suspeito. Segundo a delegada Maritta Souza, ele afirmou que uma terceira pessoa teria confeccionado os documentos falsos e pedido que ele fosse à instituição bancária. Na delegacia, ainda conforme a polícia, o advogado de Silva afirmou que ele é réu primário.

Ao ter o Pix bloqueado, Alealdo foi à agência do BRB na Avenida Tancredo Neves, na capital baiana, para reabilitar o aplicativo do banco no celular.

No local, ele apresentou um documento de RG já com a foto dele próprio. Chamou a atenção dos funcionários o fato de ele não conseguir pronunciar o nome civil do ator: Roobertchay Domingues da Rocha Filho.

“Ele imaginou que somente verificariam a foto que constava no documento e não a que foi registrada do sistema do banco. Quando verificaram, as fotos não eram as mesmas”, disse a delegada Maritta Souza, titular da Delegacia da Pituba. Na abertura da conta, foram utilizados os dados e fotos do artista.

Quando foi verificada a fraude, os funcionários do banco acionaram a Polícia Militar e equipe da 35ª Companhia Independente (CIPM/Iguatemi) conduziu Alealdo até a Delegacia Territorial da Pituba.

Segundo a delegada, há indícios de que Silva tenha tentado a fraude antes. Outra instituição bancária enviou documento com foto do suspeito que, dessa vez, tentou abrir conta com dados de uma pessoa não famosa.

A instituição, cujo nome não foi dito pela delegada, não abriu a conta por verificar inconsistência na documentação apresentada pelo suspeito.

“Embora não tenha passagem, há esse indício de que Alealdo vinha já cometendo essas tentativas de fraude”, disse a delegada.

O suspeito foi autuado por suspeita de estelionato e falsidade ideológica e que está custodiado na Delegacia de Furtos, em Salvador, à espera da audiência de custódia que deve ser realizada na quinta-feira (14).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *