script async src="https://pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js?client=ca-pub-2913509317834347" crossorigin="anonymous"> Índia testa centenas após 5.º caso de Nipah. O que se sabe até agora
sexta-feira, junho 14, 2024
Mundo

Índia testa centenas após 5.º caso de Nipah. O que se sabe até agora

O estado de Kerala, no sul da Índia, tomou medidas esta semana após confirmar cinco casos do raro e letal vírus Nipah. Algumas escolas e escritórios foram fechados como precaução, e autoridades de saúde estão monitorando de perto a situação.

Dois dos indivíduos infectados com o vírus Nipah faleceram, enquanto os outros três, incluindo uma criança, estão atualmente internados e recebendo tratamento. Centenas de pessoas foram testadas, e agora aguardam os resultados desses testes.

O governador de Kerala pediu à população que evite aglomerações pelos próximos 10 dias, use máscaras e só vá ao hospital em casos de urgência. No entanto, enfatizou que não há motivo para pânico no momento.

Este é o quarto surto de Nipah em Kerala desde 2018. O vírus Nipah é transmitido de animais para humanos, assim como o coronavírus. As autoridades de saúde acreditam que ele tenha sido transmitido por um porco, que foi infectado por um morcego. A partir desse ponto, a transmissão ocorre de pessoa para pessoa.

Assim como a Covid-19, algumas pessoas podem ser portadoras do vírus Nipah sem apresentar sintomas, enquanto outras podem desenvolver problemas respiratórios agudos. Em casos graves, a infecção por Nipah pode levar a encefalite, uma doença séria que afeta o cérebro.

A taxa de mortalidade entre aqueles que contraem o vírus é alta, pois não existem medicamentos ou vacinas específicas para tratar a infecção.

Um estudo publicado em maio pela Reuters destacou que Kerala, sendo um estado tropical, está passando por uma rápida urbanização e perda de árvores, criando condições favoráveis para o surgimento de vírus como o Nipah. Devido à perda de habitat, os animais estão vivendo próximos aos humanos, facilitando a transmissão de vírus.

O primeiro surto de Nipah em Kerala, em 2018, foi o mais grave, resultando na morte de 17 dos 18 casos confirmados. Um ano depois, houve um caso isolado que se recuperou, e em 2021, um menino de 12 anos morreu devido à infecção por Nipah.

Para conter a propagação do vírus, o governo da Índia estabeleceu um centro de controle para monitorar a situação e instruiu profissionais de saúde a seguir rigorosamente os protocolos de controle de infecção.

Leia Também: Nipah: Índia adota ações para frear vírus letal; entenda a doença

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *