segunda-feira, maio 20, 2024
Esportes

Com tumor na cabeça, ex-jogador do São Paulo deixa hospital e aguarda por cirurgia

Internado às pressas na última quarta-feira com um tumor no cérebro, o lateral Júnior Tavares, da Ponte Preta, deixou o Hospital da Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Campinas nesta sexta, após ser medicado e ter recebido alta dos médicos. O jogador aguarda para a realização de uma cirurgia, que ainda não foi marcada. A expectativa é que ocorra na próxima semana.

Júnior Tavares deu entrada no hospital após sentir um mal-estar e um formigamento no braço. O lateral foi diagnosticado com tumor no cérebro em agosto e desde então não atua pela Ponte Preta. A alta, nesta sexta, foi confirmada pela assessoria de comunicação da PUC.

No primeiro momento, a Ponte Preta, através de sua assessoria de imprensa, afirmou que não arcaria com o tratamento do lateral. No entanto, após a grande repercussão do caso, o clube resolveu esclarecer o fato e publicou uma nota oficial, na qual se prontifica em pagar as diárias da internação.

“A Ponte Preta destaca que, embora não seja obrigada por se tratar de um problema de saúde preexistente, tentou fazer o pagamento na noite de quinta-feira (14). Não foi possível porque o atleta relatou problema em sua conta bancária. A respeito da doença preexistente, não decorrente de sua atividade profissional, a Ponte Preta ressalta que nunca deixou de auxiliá-lo. Pelo contrário. Sempre esteve à disposição, oferecendo acompanhamento médico em todas as ações necessárias”, diz o clube em nota.

CARREIRA

Júnior Tavares tem 27 anos e foi revelado pelo Grêmio. No time gaúcho fez poucas partidas no profissional e foi emprestado para o Joinville e, depois, para o São Paulo, onde apareceu no cenário nacional.

Pelo São Paulo, que mais tarde o contratou de forma definitiva, foram 75 partidas entre os anos de 2016 e 2019. Jogou ainda por Sampdoria, da Itália, e Portimonense, de Portugal, até voltar ao Brasil para defender o Sport.

Depois do Sport foi jogar no arquirrival, no Náutico. Foram: 54 jogos e três gols marcados. Foi contratado pela Ponte Preta no início do ano, sendo uma peça importante na conquista da Série A2 do Campeonato Paulista. Defendeu o time campineiro em 24 partidas.

Leia Também: Botafogo enfrenta Atlético-MG para evitar aproximação do Palmeiras na liderança

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *