quarta-feira, abril 24, 2024
Famosos

Karol G vence Grammy Latino de melhor álbum do ano e Shakira brilha com três prêmios

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Karol G ganhou o prêmio de melhor álbum do ano no Grammy Latino 2023, com o disco “Mañana Será Bonito”, consolidando o domínio da música colombiana na premiação.

Ela recebeu o gramofone dourado de Anitta na noite desta quinta-feira (16), em Sevilha, na Espanha. Em 2022, a brasileira não levou o aguardado Grammy Latino pela gravação do ano por “Envolver”.

Natural de Medellín, Karol G levou também os prêmios de melhor álbum de música urbana e o de interpretação urbana por “Tqg”, em parceria com Shakira.

“Ter o álbum do ano é fantástico”, comemorou a artista.

Foi uma noite em que Shakira também brilhou com a colaboração com o argentino Bizarrap na faixa “Shakira: Bzrp Music Sessions, Vol. 53”, canção do ano e melhor canção pop.

“Este prêmio eu quero dedicar aos meus filhos, Milan e Sasha, porque prometi a eles que vou ser feliz”, agradeceu a colombiana.

A venezuelana Joaquina conquistou o reconhecimento como artista revelação, em uma categoria que tinha a brasileira Natascha Falcão concorrendo.

ARTISTAS BRASILEIROS RECONHECIDOS

Iza fez uma apresentação dançante e em espanhol ao lado de Camilo, Manuel Carrasco e Edgar Barrera.

Entre os brasileiros que se destacaram, Gaby Amarantos homenageou a Amazônia e a periferia negra de Belém (PA) ao levar para casa a estatueta pelo melhor álbum de música de raízes em língua portuguesa por seu disco “TecnoShow”.

“Agradeço a todo o povo de Belém do Pará que recebe e reconhece como música de raízes brasileiras. Viva o tecnobrega!”, disse.

Foi o primeiro gramofone da artista na premiação. Em 2012, ela havia sido indicada a melhor artista revelação pelo álbum “Treme”.

Marília Mendonça ganhou um prêmio póstumo pelo também póstumo álbum “Decretos Reais”, vencedor como melhor álbum de música sertaneja. João Donato, morto neste ano, foi reconhecido com o prêmio de melhor álbum de música popular brasileira com “Serotonina”.

Tiago Iorc e Duda Rodrigues levaram o gramofone de melhor canção em língua portuguesa por “Tudo o que a Fé Pode Tocar”. O melhor álbum de rock ou de música alternativa em língua portuguesa foi “Jardineiros”, da banda Planet Hemp.

Eli Soares venceu na categoria de melhor álbum de música cristã em língua portuguesa com “Nós” e Xênia França na de melhor álbum de pop contemporâneo em língua portuguesa com “Em Nome da Estrela”.

Indicara na categoria álbum de samba, Maria Rita perdeu para Martinho da Vila com “Negra Ópera” e enalteceu o veterano. “É uma honra estar na mesma categoria que o senhor e ainda mais honra celebrar sua merecidíssima vitoria”, disse.

Leia Também: Gaby Amarantos e Marília Mendonça levam prêmios no Grammy Latino

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *