domingo, maio 19, 2024
Meio Ambiente

Litoral do Piauí é nova região de desova da tarturuga-de-couro

Além do Espírito Santo, foi identificada uma nova região de desova de tartaruga-de-couro..

A região do delta do Rio Parnaíba, no litoral do Piauí, foi confirmada como a segunda área conhecida no Brasil com desovas regulares da espécie tartaruga-de-couro. 

A espécie está na “lista vermelha” da União Internacional para a Conservação da Natureza e é considerada, pelo Ministério do Meio Ambiente, “criticamente em perigo”.  A região norte do Espírito Santo era considerada a única com desovas regulares dessa tartaruga no país. Por lá, menos de 20 fêmeas colocam os ovos anualmente. 

O Instituto Tartarugas do Delta fez a descoberta recente no litoral do Piauí graças a uma série histórica de dados, relativamente contínua, sobre registros desde 2006.  

Segundo a coordenadora do instituto, Werlanne Magalhães, grande parte desse trabalho, que engloba outras espécies de tartarugas, é realizado por voluntários. E a falta de financiamento tem sido um problema. 

O monitoramento das tartarugas é realizado em parceria com a Área de Proteção Ambiental e com a Reserva Extrativista Marinha do Delta do Parnaíba.  

Em 2019, os pesquisadores colocaram um transmissor em uma tartaruga-de-couro. De acordo com dados de satélite, essa fêmea nadou até a costa leste do Canadá, conhecida área de alimentação da espécie. Isso sugere que a população viva no Atlântico Norte. Por isso, o período de desovas no Delta do Parnaíba, entre maio e julho, é diferente do Espírito Santo, entre outubro e janeiro. 

Meio Ambiente São Luís – MA 17/09/2023 – 09:15 Sâmia Mendes / Alessandra Esteves Gabriel Correa – Repórter Rádio Nacional tartaruga-de-couro Desova Piauí domingo, 17 Setembro, 2023 – 09:15 1:49

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *