segunda-feira, maio 20, 2024
Esportes

CBF afasta árbitros após pênalti não marcado em Corinthians x Grêmio

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) – A comissão de arbitragem da CBF afastou os árbitros envolvidos na não marcação do pênalti para o Grêmio no jogo contra o Corinthians. A partida pelo Brasileiro terminou 4 a 4.

A medida envolve, inclusive, o VAR, Emerson de Almeida Ferreira, e o árbitro principal, Wilton Pereira Sampaio, que esteve na última Copa do Mundo.

O UOL apurou que a equipe de árbitros passará um tempo no Programa de Assistência ao Desempenho do Árbitro (PADA). A CBF não confirma oficialmente ainda.

serão submetidos a treinamentos teóricos e práticos para não repetirem a interpretação considerada equivocada de não marcarem o pênalti após o toque da bola no braço de Yuri Alberto.

Enquanto passam pelo processo temporário de preparação, os árbitros ficam fora das escalas. Quando voltarem, serão selecionados para partidas de menor porte.

CBF RECONHECE O ERRO

A comissão de arbitragem reconheceu que a decisão no jogo desta segunda-feira (18) foi errada ao divulgar os áudios do VAR do jogo na Neo Química Arena.

“O atleta número 9 em ação de bloqueio com o braço em posição antinatural intercepta um cruzamento à área. O bloqueio da bola nesta ação caracteriza infração de pênalti. Portanto, uma penalidade deveria ser marcada no campo de jogo. E, quanto não marcada, o VAR deveria recomendar tal revisão”, disse no vídeo Pericles Bassols, gerente do VAR e um dos instrutores da CBF.

AVAR2 TENTOU ‘SALVAR’ A EQUIPE

A interpretação do lance no campo e na cabine foi a de que Yuri Alberto estaria em posição natural, disputando a bola -que, sem dúvida, bate direto no braço dele.

O assistente assistente de árbitro de vídeo 2 (AVAR2), Michel Patrick Costa Guimarães, tentou fazer com que os colegas mudassem a visão:

“Você não acha que tá muito aberto, não? Que essa bola passaria se ela não bate nesse braço?”

Mas isso não foi o suficiente para mudar a leitura dos demais colegas sobre o lance.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *