terça-feira, maio 21, 2024
Mais Polícia

Mulher que sonhava em ser cantora é morta a facadas e ex-marido é principal suspeito

PAÍS| Juliana Santos Pereira, de 31 anos, foi morta a facadas na noite de sábado (17) no bairro Araçatiba, em Viana, na Região Metropolitana de Vitória. A mulher trabalhava como babá e sonhava em ser cantora gospel e fazia vídeos para treinar. Segundo a polícia, o principal suspeito é o ex-marido, Marcos Jhon Pedroso, de 35 anos, que ainda tentou fugir depois do crime.

Segundo a Polícia Militar, os policiais foram acionados por uma prima de Juliana, que disse que quando entrou na casa da vítima, já encontrou Juliana sozinha ensanguentada caída no chão.

“Ela tava sozinha na casa dela. E aí depois na hora seguinte, ele chegou, botou a moto lá fora e ficou os dois bebendo cerveja. Aí quando o portão fechou tudo, foi aquilo que aconteceu com ela, ele matou ela. Eu só fui saber que ela tava morta quando eu vim para ir ao banheiro. Fui no banheiro e gritei o nome dela, pra avisar que tava entrando. Quando eu entrei, vi a poça de sangue no chão e olhei mais pro fundo da casa e vi ela caída no chão. Aí eu comecei a gritar pedindo socorro, aí veio a população toda, mas infelizmente ela já tava morta”, relatou uma das primas da vítima que preferiu não se identificar.

A prima também contou a polícia que não ouviu barulho de briga nem nenhum pedindo de socorro. Mas, a familiar relatou que os dois viviam em um relacionamento conturbado, sempre discutindo, e que Marcos ameaçava Juliana.

De acordo com a polícia, Marcos tentou fugir, mas caiu com a moto no bairro Jucu. Os policiais já sabiam que poderia ser o suspeito, que estava fugindo. O homem estava com uma faca suja de sangue que a polícia acredita ser a arma utilizada no crime.

Após o acidente, ele foi levado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o hospital de urgência e emergência sob escolta policial para o Hospital Estadual de Urgência e Emergência em Vitória.

Juliana deixou um filho de sete anos de outro relacionamento. Segundo a família, a vítima morava com Marcos há dois anos, mas há um mês conseguiu se separar, mas o suspeito não aceitava e fazia ameaças.

Familiares contaram que Juliana adorava cantar, e tinha o sonho de ser cantora gospel. A babá estava até treinando para cantar no aniversário de uma das primas em novembro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *