quarta-feira, maio 22, 2024
Geral

Acre aparentemente não está entre os estados que sofrerão forte onda de calor

Apesar de as temperaturas estarem elevadas no Acre, o estado não aparece entre as regiões onde há uma previsão de forte onda de calor com ápice para o próximo fim de semana, quando os termômetros devem marcar entre 23º e 36º no estado.

 

De acordo com a Climatempo, temperaturas iguais ou acima dos 40°C serão observadas por vários dias em áreas como o norte do Paraná, oeste e norte de São Paulo, oeste de Minas Gerais (inclui Triângulo), Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, oeste da Bahia, interior do Maranhão e do Piauí, Tocantins, sul/leste do Pará, Rondônia.

 

Esta onda de calor teve início no dia 17 de setembro de 2023 e deve se prolongar pela primeira semana da primavera. Algumas áreas pelo interior do Brasil, em parte do Centro-Oeste, do Norte, do Nordeste poderão conviver com temperaturas muito altas até o fim de setembro. Mas nem todas as regiões do Brasil vão sofrer o efeito das altas temperaturas durante todo este período.

 

“Esta onda de calor será mais prolongada nos estados do Centro-Oeste e no Distrito Federal, na parte oeste e noroeste de Minas Gerais, no Tocantins, na parte sul e leste do Pará, em áreas do interior do Maranhão, do Piauí e da Bahia”, diz publicação da página da empresa na internet.

 

As altas temperaturas são parte de uma onda de calor que atinge quase todo o Brasil ao longo desta semana e ganhará força, especialmente, nessa quarta (23) e quinta-feira (24), causada pelo fenômeno do El Niño.

 

A atuação de um bloqueio atmosférico impedirá a chegada de frentes frias nos próximos dias, comuns para o período. Inicialmente, as áreas mais quentes estarão concentradas no Sul do Brasil, embora o calor também seja sentido no Sudeste e no Centro-Oeste (veja no mapa abaixo).

 

No meio da semana, o ar quente se deslocará em direção ao centro do país, ganhando ainda mais força na segunda metade da semana. Segundo os meteorologistas, o ápice de todo esse calor está previsto mesmo para o próximo final de semana, entre os dias 23 e 24 de setembro, com destaque para as capitais Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro, quando novos recordes de calor podem ser estabelecidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *