domingo, maio 19, 2024
Nacional

Onda de calor: atendimento à população vulnerável será reforçado em SP

A Operação Altas Temperaturas, da prefeitura de São Paulo, vai reforçar as redes de atendimento para pessoas em situação de vulnerabilidade. O objetivo é de amenizar o impacto do calor previsto para os próximos dias.

De acordo com a Defesa Civil do Estado, os termômetros podem registrar recorde nas regiões Centro-Oeste e Sudeste, com a média histórica de 37,1ºC na capital paulista. A última máxima histórica registrada foi em 17 de outubro de 2014, quando os termômetros marcaram 37,8ºC.

As ações da prefeitura incluem: instalação de dez tendas em pontos estratégicos, com fornecimento de água; compra de mais ventiladores para unidades de acolhimento; e a disponibilização de uma ambulância referenciada para atender casos de exposição ao calor nessas tendas. Além disso, o governo municipal informou que reforçará o trabalho de convencer as pessoas a procurar a rede de acolhimento, onde poderão se abrigar do sol e receber água e alimentação.

De acordo com a prefeitura, São Paulo tem 25 mil vagas de acolhimento para pessoas em situação de rua, distribuídas em centros de acolhida, hotéis sociais e repúblicas para adultos. O encaminhamento para cada serviço depende do perfil do indivíduo e da tipologia do atendimento.

Leia Também: Calor extremo irá atingir 5 bilhões de pessoas em 2050, diz estudo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *