sexta-feira, abril 12, 2024
Esportes

Galvão chama briga em Brasil x Argentina de ‘vergonha’ e critica presidente da CBF

O duelo entre Brasil e Argentina, nesta terça-feira, dia 21, acabou sendo ofuscado por uma grande confusão ocorrida nas arquibancadas do Maracanã antes mesmo do apito inicial. Galvão Bueno, icônico narrador da seleção brasileira, fez duras críticas ao presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ednaldo Rodrigues, e lamentou as cenas de violência entre torcedores e policiais.

“Uma vergonha que foi mostrada ao mundo. Como é que pode a CBF, senhor Ednaldo Rodrigues, organizar um jogo Brasil e Argentina, no Maracanã, onde o relacionamento da seleção com a torcida não está tão bom”, afirmou. “Está tudo errado e a CBF, com o senhor Ednaldo Rodrigues, que deve se sentir o rei do futebol brasileiro, se desentendeu até com o presidente da Federação carioca. Por mim, os dois poderiam dar as mãos e sumirem do futebol, seria muito bom.”

O tumulto teve início durante a execução dos hinos nacionais. Brasileiros e argentinos trocaram socos e a Polícia Militar (PM) interveio, entrando em confronto com torcedores da seleção albiceleste. Cadeiras foram arremessadas e pessoas foram imprensadas nas arquibancadas. Segundo a PM, oito pessoas acabaram detidas. Outras duas precisaram de atendimento médico. O jogo, que estava marcado para às 21h30, começou com quase meia hora de atraso.

Com a bola rolando, o Brasil jogou melhor do que nas últimas partidas, mas voltou a ter dificuldades em furar a defesa adversária e falhou pelo alto. O zagueiro Otamendi marcou de cabeça no segundo tempo e garantiu a vitória por 1 a 0 para os argentinos. Foi a primeira vez na história das Eliminatórias em que a seleção brasileira saiu derrotada jogando em casa.

“Tá tudo errado! Mais uma noite pra esquecer! Muito triste! Que vergonha! Um ano de derrotas, com a primeira vez com três derrotas seguidas, depois da primeira vez com duas derrotas seguidas, e a primeira vez com derrota em casa, a primeira vez com quatro jogos sem vitória”, disse Galvão.

Com a derrota, a seleção brasileira caiu para a sexta colocação nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2026, com sete pontos, a oito da líder Argentina. Os seis países mais bem colocados se classificam diretamente ao Mundial, enquanto o sétimo disputa a repescagem. O Brasil volta a jogar em março, quando disputa amistoso com a Inglaterra, no dia 23 de março, e depois diante da Espanha, ainda sem data.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *