segunda-feira, maio 20, 2024
Famosos

Mansão de Hebe Camargo é vendida por um valor milionário

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) – “Nos últimos anos de vida, Hebe Camargo (1929-2012) viveu em uma mansão de 7 mil metros quadrados, em Cidade Jardim, na região do Morumbi, São Paulo. Desde 2017, a família tentava negociar o imóvel (avaliado em R$ 60 milhões) e, agora, seis anos depois, a casa está vendida por um valor milionário: cerca de R$ 30 milhões. Quem contou a novidade foi o único filho da apresentadora, Marcello Camargo.

O também apresentador, presente na inauguração da Casa Hebe (espaço destinado à memória da apresentadora), nesta quarta-feira (20), explicou que a quantia será dividida entre ele e os primos Helena e Claudinho, herdeiros do empresário e sobrinho de Hebe, Claudio Pessuti. A casa não é minha. Temos uma composição de percentuais entre nós”, disse Marcello.

Segundo ele, tudo foi acordado entre ele e Pessutti verbalmente. Nada foi assinado. Marcello diz que Hebe não manifestou em vida o desejo de que o filho e o sobrinho dividissem seu patrimônio. “Foi um desejo meu. O Claudio dedicou grande parte da vida dele para ela. Achei justo dividir”, reconheceu em entrevista ao jornal Estado de São Paulo.

Marcello reconheceu que o valor e o tamanho do imóvel dificultaram a venda e destacou que Hebe Camargo foi muito feliz naquela casa. “Eu sempre disse para minha mãe que a casa era enorme, mas ela dizia que amava lá, que era tudo tão lindo. E ela tinha esse direito. Comprou com o dinheiro do trabalho dela e pôde desfrutar muito da casa”.

Os carros que pertenceram a Hebe também foram vendidos. Marcello também confirmou que eram cinco Mercedes-Benz. Três delas ficaram com Cláudio Pessutti e duas com Marcello. Com a morte de Pessutti, em 2021, a família decidiu se desfazer dos veículos, que estavam parados e demandavam muita manutenção. O único que ficou foi um automóvel na cor branca, que é agora do filho da ex-funcionária do SBT.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *