quinta-feira, abril 25, 2024
Famosos

‘A ironia e a zoação fazem parte de mim’, diz Manu Gavassi

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Enquanto aguarda sua estreia no Lollapalooza -ela está no lineup da edição 2024-, produz seu próximo álbum e lida com a fama, a cantora e compositora Manu Gavassi não deixa seu lado atriz de lado. Nesta quinta-feira (23), ela estreia nos cinemas “Não Tem Volta”, comédia cheia de ação e suspense em que faz par romântico com Rafael Infante.

“Eu sentia por muito tempo que deveria ser fiel a uma categoria e ser boa naquilo. Mas agora perdi essa pressão, sou feliz transitando”, diz ela em entrevista ao F5. Na trama, ela vive Gabriela, uma personagem livre e misteriosa -ou “autêntica, e que quer as vontades dela”, nas palavras de Manu.

Já Rafael define seu personagem, Henrique, como “um cara confuso nos seus afetos”. O rapaz não consegue superar a separação de Gabriela e, para acabar com o sofrimento, decide tirar a própria vida. Como não tem coragem de fazer isso sozinho, ele contrata uma empresa de assassinos de aluguel que tem apenas uma única regra: após a assinatura e o pagamento, não tem como desistir.

Após assinar o contrato, Henrique reencontra Gabriela por acaso, e ela descobre que quer reatar a relação. Desesperado para descobrir quem será o seu carrasco, o mocinho se envolve em situações tensas e mirabolantes para se salvar.

Apesar das várias cenas de ação, o filme é principalmente uma comédia, o que faz Manu se sentir em casa. “Faz parte de mim essa ironia”, diz a atriz, mencionando os vídeos liberados enquanto estava confinada no BBB 20 e a webssérie “Garota Errada”. Ela diz que sempre soube usar o humor a seu favor ao “pegar inseguranças ou coisas não tão positivas que falavam sobre mim e saber reverter isso, rir de mim mesma e fazer a piada primeiro”.

Isso mesmo estando ao lado de um humorista bem mais experiente como é Rafael Infante, ex-Porta dos Fundos e “Vai Que Cola”, colega de tantas estrelas do humor brasileiro. “Comecei num grupo de teatro fazendo improviso com Fabio Porchat e Tata Werneck”, lembra ele. “Fraco, esse grupo”, ironiza ela.

Os dois exalam química nas cenas juntos, ainda que escondam segredos um do outro. “Deve ser por isso que a gente se odiava. Mas tínhamos que fazer o casal acontecer”, brinca Manu. Sem estragar a diversão, basta dizer que o final traz grandes reviravoltas para os dois personagens.

“Não Tem Volta” tem ainda no elenco nomes como Diogo Vilela, Betty Gofman, Roberto Bomtempo, Pietro Barana e Heraldo de Deus. A direção é de César Rodrigues.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *