terça-feira, abril 23, 2024
Mais Polícia

Homem é morto com tiro na região da cabeça em rua em Epitaciolándia

A pacata Travessa 22 de Setembro, em Epitaciolândia, interior do Acre, foi palco de um crime chocante no último sábado (25), quando Francisco Nascimento e Nascimento, de 27 anos, foi brutalmente assassinado com um tiro na cabeça. As circunstâncias do homicídio envolvem uma abordagem repentina por parte do suspeito, resultando em uma tragédia que abalou a comunidade local.

Segundo relatos da Polícia Civil, testemunhas afirmaram que o agressor chegou ao local de bicicleta e abordou Francisco Nascimento. Sem hesitar, o suspeito sacou uma arma e efetuou um único disparo, atingindo a região da cabeça da vítima. O delegado Eustáquio Nomerg revelou que Nascimento havia recebido ameaças recentemente e estava portando uma faca na cintura no momento do crime.

A polícia suspeita que a vítima possuía desavenças com alguém, indicando a presença de uma possível rixa. Ao cair, Nascimento ainda carregava uma faca, sugerindo um cenário de confronto. O delegado ressaltou que estão empenhados em coletar imagens e depoimentos para identificar o autor do crime, que chegou de forma abrupta e sem aparente motivo.

Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foram acionadas, mas infelizmente, ao chegarem ao local, apenas puderam constatar o óbito de Francisco Nascimento. Seu corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para procedimentos legais.

A vítima, Francisco Nascimento, estava sob investigação por suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas. O delegado informou que um possível suspeito já foi identificado, mas ressalta que é necessário aprofundar as investigações para obter mais informações.

O assassinato de Francisco Nascimento e Nascimento em Epitaciolândia é um triste reflexo da violência que assola comunidades. As autoridades locais estão comprometidas em esclarecer as circunstâncias do crime e capturar o autor, enquanto a população lamenta a perda de um membro da comunidade, cujo passado suspeito adiciona complexidade a essa trágica narrativa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *