quinta-feira, abril 25, 2024
Esportes

Palmeiras enfrenta sprint final por título do Brasileirão desafiando tabu contra o Fortaleza

Líder do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras agora depende apenas das suas forças para erguer sua 12ª taça do torneio nacional. Para isso, é de suma importância não perder pontos nesta reta final, porque Botafogo, Flamengo, Grêmio, Red Bull Bragantino e Atlético-MG continuam na briga pelo troféu. Neste domingo, a equipe de Abel Ferreira encara, às 18h30, o Fortaleza, na Arena Castelão, na capital cearense, um adversário indigesto em um local inóspito para o propósito alviverde.

A última vitória do Palmeiras sobre o Fortaleza no Castelão foi em 2019. Desde então, foram disputados quatro jogos no local entre as duas equipes, com três vitórias tricolores e apenas um empate. Assim, o conjunto alviverde terá de superar um tabu para triunfar fora de casa e não correr o risco de abandonar a ponta da tabela do Brasileirão.

Em meio a especulações sobre uma possível saída para o futebol do Catar, o técnico Abel Ferreira tratou de colocar panos quentes no assunto e afirmou, via assessoria de imprensa, que está totalmente focado na luta pelo título do Brasileirão.

Em campo, o português poderá contar com quase todos os titulares. Apenas o zagueiro Luan, que vinha sendo escalado entre os 11, está fora do jogo por causa de uma lesão na coxa direita. Piquerez, que era dúvida, participou dos últimos treinos e deve estar à disposição na lateral-esquerda.

Ao longo dessa duas semanas sem jogos, Abel não pôde contar com atletas que estiveram servindo suas seleções. Entre eles estavam Endrick, Raphael Veiga, Gustavo Gómez e Richard Ríos. O colombiano, que ocupou a titularidade na vaga do lesionado Gabriel Menino, analisou o confronto desta noite após retornar às atividades. “Sabemos como é difícil jogar em Fortaleza. Tem o calor, o campo, o adversário… Sempre vamos respeitar todos os adversários, vamos lá tentar impor nosso jogo, o que temos trabalhado nestes meses. Vamos em busca dos três pontos para seguir em cima da tabela.”

A tendência é que Abel escale novamente o Palmeiras com três zagueiros, optando pelo lateral-direito Marcos Rocha improvisado no setor. As demais posições devem ser preservadas, com o ataque formado por Endrick e Breno Lopes, permitindo chegadas mais frequentes ao ataque dos laterais Mayke e Piquerez. Outra peça fundamental é Raphael Veiga, que mostrou liderança inclusive na seleção brasileira, quando, mesmo sem ser titular, foi o responsável por falar com a imprensa após a terceira derrota seguida do escrete nacional.

O Fortaleza convive com um longo jejum de vitórias. A derrota nos pênaltis para a LDU na final da Sul-Americana abalou o elenco tricolor. O time, que já não vinha em uma sequência positiva, perdeu mais quatro partidas e empatou duas.

“Estou vendo e analisando que não se encontra uma resposta única para isso (a má fase): partes tática, física, emocional…. Acho que o futebol é um todo. Não quero encontrar desculpas por jogarmos muitas partidas, que o objetivo principal se foi… Isso nos afeta. Estamos no final de um ano muito difícil, com muitos objetivos”, afirmou o técnico Juan Pablo Vojvoda após o empate por 2 a 2 com o Botafogo na última quinta-feira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *