domingo, março 3, 2024
Mais destaques

Premiação e Incentivo à Qualidade: Destaques no 1º Concurso de Café Robusta Amazônico do Acre Recebem Reconhecimento da Seagri

A Secretaria de Estado de Agricultura (Seagri) premiou nesta sexta-feira, 27, os cinco melhores produtores do 1º Concurso de Qualidade do Café Robusta Amazônico do Acre. Além disso, houve a entrega de insumos e equipamentos oriundos do Programa de Fortalecimento da Cafeicultura do Estado do Acre.

 

Na abertura da solenidade, o governo divulgou os vencedores, sendo que em primeiro lugar ficou o produtor de café Reginaldo Pereira da Silva, do município de Acrelândia, faturando um secador estático no valor de R$ 150 mil. Ele é dono da marca de café Amazon Coffee.

 

O 2° lugar ficou com Vanderlei de Lara, também de Acrelândia, e levou R$ 10,8 mil reais. Em 3° lugar ficou Celso Tintorim, também de Acrelândia e faturou R$ 10,5 mil. Na 4° posição, o produto Gedenilson Feliciano de Jesus, de Cruzeiro do Sul, que faturou R$ 10 mil reais e em 5° ficou Vagner Alves de Oliveira, de Acrelândia, recebendo mais de R$ 5 mil.

 

Com os finalistas do município de Porto Acre, Brasiléia, Acrelândia, Sena Madureira e Cruzeiro do Sul, a coordenadora da cafeicultura do Acre, Michelma Lima, disse que o concurso foi aberto em maio e nesse período houve várias etapas com mais de 19 inscritos que apresentaram amostras da sua produção de café.

 

 

Segundo ela, a última etapa ocorreu com uma degustação do produto dos 10 finalistas no Instituto Federal do Espírito Santo. “O objetivo foi fomentar a produção de café do Acre. O concurso também garantiu celeridade na disputa entre os produtores”, comentou.

 

O governador Gladson Cameli (PP) usou o dispositivo e elogiou o trabalho do secretário Luiz Tchê. Segundo ele, o Acre está avançando no agronegócio e passa a ter grande volume de produção. “Basta a gente respeitar as leis e valorizar os produtores e queremos aumentar o desenvolvimento no Acre. Vamos lutar também pela regularização fundiária para melhorar a vida dos produtores”, declarou.

 

Com cerca de 60% da produção de café do Acre, o município de Acrelândia obteve a maioria dos vencedores, sobre isso, o secretário de agricultura e agronegócio, Luiz Tchê, disse que o foco do evento não é competir com os demais estados do país, mas, mostrar que a produção no Acre vem crescendo e com qualidade. “A gente produz mais de 46 mil em café e queremos mostrar que no Acre temos qualidade na produção. Quero agradecer aos patrocinadores e ao governador Gladson Cameli”, ressaltou.

 

Bastante feliz com a premiação, o produtor Reginaldo Silva, disse que o diferencial do seu café é por conta da fermentação. “O nosso café, o Amazon Coffee passa 15 dias fermentado e estou feliz e vamos produzir muito mais”, disse.

 

Marcaram presença na solenidade, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Luiz Gonzaga, o deputado estadual Arlenilson Cunha, o secretário de governo, Alysson Bestene, a ex-deputada federal Perpétuo Almeida, demais autoridades e produtores de café do Acre.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *