segunda-feira, abril 22, 2024
Esportes

São Paulo inicia preparação para reencontro com Rogério Ceni

O elenco do São Paulo se apresentou no CT da Barra Funda, nesta segunda-feira, horas após o empate sem gols com o Cuiabá, domingo, e iniciou a preparação para enfrentar o Bahia, às 20 horas de quarta-feira, na Fonte Nova, pela 36ª rodada do Brasileirão. O duelo marcará o reencontro dos são-paulinos com o ídolo Rogério Ceni – hoje técnico do time baiano -, que encerrou sua segunda passagem como treinador do clube paulista há sete meses e foi substituído por Dorival Júnior.

Quando o São Paulo foi campeão da Copa do Brasil ao superar o Flamengo na final, em setembro, alguns jogadores importantes do elenco lembraram o nome de Ceni durante a comemoração. Calleri o tratou como “um pai no futebol” e até dedicou o título a ele, enquanto Luciano disse que o elenco “não poderia esquecer” o ex-goleiro naquele momento de celebração. Ceni, que ficou no cargo de outubro de 2021 até abril de 2023, só comandou o São Paulo no jogo de estreia da Copa deste ano, um empate sem gols com o Ituano.

Embora seja impossível desassociar a imagem de Ceni à do clube, Dorival não quer personalizar o embate com o Bahia. “O Rogério é o maior ídolo do São Paulo, tem um respeito muito grande aqui dentro. Não é a disputa do Rogério contra o São Paulo, ou do Dorival contra o Rogério, é uma disputa do Bahia contra São Paulo, não há disputa pessoal, individual”, disse o treinador são-paulino depois do empate com o Cuiabá.

No meio da tabela, com 47 pontos, e classificado para a Libertadores em razão da conquista da Copa do Brasil, o time do Morumbi está em rotação de competitividade menor do que a maioria das equipes do campeonato, inclusive do que o próprio Bahia, que briga contra o rebaixamento com gigantes como Corinthians, Santos, Vasco e Cruzeiro. O discurso, apesar do cenário, é de que não haverá desinteresse do São Paulo nas rodadas finais, muito menos intenção de prejudicar os rivais paulistas. “Teremos três jogos onde tentaremos fazer nosso melhor, independente do que possa acontecer. O São Paulo tem obrigação de buscar o melhor resultado possível, se doando, deixando tudo dentro de campo”, disse Dorival.

No treinamento desta segunda-feira, os atletas que atuaram por mais tempo no empate sem gols com o Cuiabá ficaram na parte interna do CT para atividades regenerativas. Já os outros estiveram no gramado, onde, após aquecimento com bola, realizaram um trabalho de posse de bola, em que duas equipes se enfrentavam em espaço curto, trocando passes com o auxílio de uma outra equipe, que ficava nas extremidades como apoio. Dorival Júnior também comandou um exercício de enfrentamento com finalizações, com dois times duelando em campo reduzido.

O treinador terá o retorno de Diego Costa, Beraldo, Rafinha e Gabriel Neves, quarteto novamente disponível após cumprimento de suspensão. Erison, suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo, é o suspenso da vez.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *