sábado, fevereiro 24, 2024
Saúde

Brasileiro consome metade do cálcio indicado na dieta. Veja os riscos

O brasileiro consome, em média, 505 mg de cálcio por dia. O total representa metade do nível recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que é de 1 g para pessoas acima de 20 anos. Por isso, o Brasil ocupa a 47ª posição no ranking mundial da carência de cálcio.

A falta do mineral é preocupante, pois pode causar doenças como a osteoporose. Vale destacar que o cálcio está presente em 97% das regiões mais rígidas do corpo, como ossos e dentes, os 3% restantes estão nos músculos e na própria corrente sanguínea.

“A falta de cálcio (hipocalcemia) pode não apresentar sintomas no início, mas com o passar do tempo, alguns sinais de agravamento começam a surgir”, alerta a nutricionista Taciane Oliveira, da Vitafor Nutrientes.

De acordo com a especialista, os principais sintomas são:

  • Aumento de peso;
  • Cãibras;
  • Estresse;
  • Ansiedade;
  • Depressão;
  • Hipertensão arterial;
  • Constipação intestinal;
  • Insônia;
  • Diarreia;
  • Cáries;
  • Unhas quebradiças;
  • Perda de memória.

Taciane destaca que o cálcio é um nutriente fundamental que fortalece diariamente o corpo humano. “A longo prazo, a falta de cálcio no organismo provoca doenças graves, principalmente relacionadas aos ossos, como a osteoporose, hipocalcemia, raquitismo ou osteomalácia. Os ossos são uma reserva natural de cálcio, e com a falta do nutriente, as doenças surgem de forma definitiva”, alerta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *