domingo, março 3, 2024
Esportes

Palmeiras encara fantasma do Boca na Libertadores para tentar terceira final em quatro anos

O Palmeiras tenta mudar sua história contra o Boca Juniors na Libertadores a partir desta quinta-feira, às 21h30, em La Bombonera, Buenos Aires, na Argentina. A partida pela semifinal da competição continental é a chance da equipe de Abel Ferreira quebrar uma série de três eliminações seguidas para os argentinos e, desta forma, conseguir se garantir na terceira decisão em quatro edições da competição. O duelo de volta será na semana que vem, no Allianz Parque, em São Paulo.

Três confrontos em fases eliminatórias da Libertadores e três eliminações. Este é o retrospecto do Palmeiras contra o Boca Juniors no milênio, com duas eliminações na semifinal e um vice-campeonato. Para 2023, os comandados de Abel Ferreira apostam na força do elenco e na competição.

Por causa de uma primeira fase quase perfeita, com cinco vitórias e uma derrota, o Palmeiras se garantiu no mata-mata com a melhor campanha entre os 16 classificados. Nas disputas eliminatórias, os paulistas superaram Atlético-MG e Deportivo Pereira com uma vitória e um empate.

Diferente dos momentos anteriores, o confronto pela semifinal contra o Botafogo é a primeira disputa eliminatória na Libertadores que o Palmeiras não terá Dudu, que lesionou o joelho em partida do Brasileirão. Para o lugar, como já vem acontecendo nas últimas partidas, Abel deve adiantar Mayke e ter o trio ofensivo com o lateral, Artur e Rony.

MÍSTICA E TRADIÇÃO

O Boca Juniors tenta conquistar a Copa Libertadores pela sétima vez de sua história. Dominante no começo do milênio, com quatro conquistas em oito edições, a equipe de Buenos Aires tenta manter sua escrita contra o Palmeiras.

Olhando para o campo, o Boca tenta fazer valer seu momento. Com Cavani e Merentiel, que pertence ao Palmeiras, formando o ataque, o time tenta fazer valer o fator casa para ser finalista. Na defesa, Romero teve sua redenção nas quartas de final, sendo decisivo na disputa de pênaltis contra o Racing.

Leia Também: Após euforia, Dorival afirma esperar um São Paulo ‘normal’ no clássico com o Corinthians

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *