sexta-feira, fevereiro 23, 2024
Esportes

Abel demonstra incômodo por ter de usar ‘moleques’ contra o Boca Juniors em La Bombonera

O técnico Abel Ferreira ficou mais incomodado por ter de usar ‘moleques’ contra o Boca Juniors em La Bombonera do que feliz pelo empate, sem gols, que deixa o Palmeiras a uma vitória simples, em casa, na semana que vem, para alcançar a decisão da Copa Libertadores.

“Faço o melhor com os recursos que tenho. Hoje surpreendemos nosso adversário com a nossa forma de atuar, mas veja a média de idade das equipes que estão nesta semifinal. E nós usamos jogadores com 17 anos, como Endriock, Luis Guilherme e Fabinho. Não é fácil jogar neste estádio mítico, nesta atmosfera espetacular”, disse o treinador, visivelmente irritado.

Abel admitiu que o Boca foi melhor nos 90 minutos, mas agora está confiante em obter a vitória em casa na semana que vem. “Queria muito vir aqui, sentir este ambiente. Foi um jogo difícil, o Boca foi ligeiramente superior, teve Umma grande chance no segundo tempo, mas o Weverton fez bela defesa. Poderíamos ter sido mais agressivos, mas agora é acreditar, vai ser na nossa casa e esta equipe nasceu para fazer história.”

Antes da decisão com o Boca Juniors na próxima quinta-feira, o Palmeiras volta a campo no domingo, às 18h30, em Bragança Paulista, diante do Red Bull Bragantino, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro, competição na qual está em segundo lugar, com 44 pontos, sete atrás do líder Botafogo.

Leia Também: São Paulo segue lua de mel e mira cereja do bolo que falta em semana de sonhos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *