script async src="https://pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js?client=ca-pub-2913509317834347" crossorigin="anonymous"> Globo pede, e Ricardo Linhares ajuda ‘Fuzuê’ a ser mais ágil; veja o que vai mudar
sexta-feira, junho 14, 2024
Famosos

Globo pede, e Ricardo Linhares ajuda ‘Fuzuê’ a ser mais ágil; veja o que vai mudar

GABRIEL VAQUER
ARACAJU, SE (FOLHAPRESS) – A intervenção da Globo em “Fuzuê”, sua atual novela das sete que tem sofrido com queda nos índices de audiência, passará a ficar mais visível para o telespectador na semana que vem. Ricardo Linhares, experiente nesta função, é quem tem comandado os trabalhos.

A primeira mudança feita por Linhares será no ritmo da novela. A emissora pediu uma narrativa mais acelerada, com cenas rápidas. O texto é bem avaliado, especialmente as piadas e as referências aos antigos folhetins do horário.

A Globo, no entanto, identificou que a parte da trama principal, sobre o tal tesouro de Maria Navalha (Olívia Araújo) estava arrastada e desinteressante para a audiência. Esse entrecho foi bastante reduzido na intervenção de Linhares.

Um investimento feito pelo supervisor é nas brigas entre as protagonistas Lula (Giovana Cordeiro) e Preciosa (Marina Ruy Barbosa). O jogo de gato e rato delas, elogiado no grupo de discussão, será intensificado nos próximos capítulos.
Quem ganha mais espaço também é Bebel, papel defendido por Lilia Cabral. Linhares viu um bom potencial de aproveitar o drama que a personagem tem para tentar ganhar a aceitação do público.

Uma novidade também vai chegar no núcleo musical da novela. Talita Younan entrará na trama como uma cantora sertaneja chamada Selena Chicote para fazer dupla com Jefinho Sem Vergonha (Micael Borges).

Gustavo Reiz, o autor, e Fabrício Mamberti, diretor da novela, estão empolgados com a chegada de Linhares e espera que os números subam até o fim do ano, para a produção ganhar uma estabilidade em números.

Atualmente, “Fuzuê” tem média de 20,3 pontos na Grande São Paulo (cada ponto equivale a 207 mil indivíduos). Já é menos público que “Cara e Coragem” (2022) e “Quanto Mais Vida, Melhor!” (2021), que tiveram 20,7 e 20,5 pontos, respectivamente, e são considerados fracassos na Globo.

Leia Também: Chris Brown é processado por suposta agressão a um homem em boate de Londres, diz site

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *