terça-feira, fevereiro 27, 2024
Esportes

Pressionado, Vasco faz confronto direto com o Goiás para deixar a zona de rebaixamento

Novamente pressionado após derrota em casa, o Vasco tem um confronto direto pela permanência no Campeonato Brasileiro. Neste domingo, às 16h, visita o Goiás no estádio Hailé Pinheiro, em Goiânia (GO), pela 30ª rodada. O adversário também integra a zona de rebaixamento e busca a reabilitação.

O Vasco perdeu as duas últimas partidas, levando 1 a 0 do rival Flamengo e 2 a 1 para o Internacional, este último, quinta-feira, em São Januário. Entretanto, as derrotas foram assimiladas de formas bem diferentes. No clássico, a forma como o time atuou foi elogiada, mas diante do Inter uma vitória era considerada essencial. O cruzmaltino iniciou a rodada na 18ª colocação com 30 pontos, e terminou a última rodada com três a menos do que o primeiro fora da zona de rebaixamento – o Santos, com 33.

Além do resultado em si, a derrota colocou fim a uma grande sequência do Vasco como mandante, condição em que estava há seis jogos invicto, sendo cinco vitórias. Como visitante, já foram 14 jogos, com duas vitórias, quatro empates e oito derrotas.

Um dos mais criticados no último jogo foi o zagueiro Léo, que agora tem sua titularidade em risco. Não foi bem na marcação de Enner Valencia e falhou na marcação do primeiro gol colorado. Há a chance de Maicon, que vem atuando bem quando tem chance, ser escolhido pelo técnico Ramón Díaz para formar dupla com Medel.

O meio-campo também não foi bem e Paulinho, que vinha sendo o maestro do time, foi expulso. Marlon Gomes seria um bom nome para entrar no setor, mas não deve ter condição de jogo por lesão, assim como o atacante Rossi.

Fora isso, Jair e Mateus Carvalho são opções mais defensivas para o meio, enquanto Orellano e Alex Teixeira, que marcou o gol do Vasco, são ofensivos.

Ciente da importância do duelo, Ramón Díaz indicou que não terá medo de fazer mudanças. “Todos estamos nervosos porque não vencemos. Acredito que o mais importante é ter tranquilidade porque agora temos confrontos diretos. Com o Goiás temos que duelar, é uma partida decisiva. Nós replanejaremos a equipe que vai jogar porque precisamos fazer os pontos.”

O Goiás vem de duas partidas fora de casa: empatou com o Cuiabá, por 1 a 1, e perdeu para o Fluminense, por 5 a 3. Com isso, aparece logo acima do Vasco, em 17º lugar, abrindo a zona de rebaixamento com 31 pontos. Mas tem boa lembrança de sua última partida em casa, quando venceu o São Paulo por 2 a 0. Como mandante, a campanha geral é regular, com quatro vitórias, seis empates e quatro derrotas em 14 jogos.

O técnico Armando Evangelista deve manter a base da escalação e não perdeu nenhum jogador. O meia Guilherme, que precisou ser substituído no intervalo, treinou normalmente e está à disposição. Lucas Halter e Diego seguem no departamento médico.

Evangelista pediu coragem ao time para reagir e buscar os três pontos diante do Vasco. “Até o final serão jogos com caráter de importância elevadíssimo. Teremos que ser audazes e corajosos para disputar os três pontos. Jogando em casa, temos ainda mais o sentimento de que podemos e devemos conquistar esses pontos. Esse é o caminho e não há outro.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *