quinta-feira, abril 25, 2024
Famosos

Alexandre Correa passa mal durante entrevista após rever acusações de Ana Hickmann

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) – Alexandre Correa passou mal ao rever as acusações de Ana Hickmann em uma recente entrevista. O empresário, que participava do bate-papo ao vivo em um podcast, chegou a abandonar o estúdio para se acalmar. “Gente, preciso de um minutinho. Não estou passando bem porque rever tudo isso não me faz bem. Preciso tomar uma água com açúcar”, pediu aos apresentadores após mais de uma hora de conversa na noite desta quarta-feira (29).

O agora ex-marido da apresentadora da Record negou as agressões. Ele contou a sua versão do que definiu como “briga de casal”, que aconteceu na hora do almoço no sábado, dia 11 de novembro. Disse que após uma conversa com a mãe, o filho do casal ficou muito nervoso e chegou a chorar de forma compulsiva. “Fiquei abalado de ver o Alexandre naquele estado e aí comecei a discutir com a Ana. A discussão foi esquentando até que saímos para uma área externa da casa, a churrasqueira. No meio da confusão, ela falou de chamar a polícia e eu entrei em parafuso”.

Alexandre continuou o relato. “Não houve agressão! Eu jamais tentei dar uma cabeçada na Ana Hickmann! Você não fica próximo de alguém e dá uma cabeçada, ou você dá uma cabeçada, ou não dá. Eu não dei chute, não dei soco, não dei tapa”, contou na entrevista ao podcast “Chupim” da Rádio Metropolitana FM. “A discussão foi tensa? Foi. Foram usadas palavras pesadas? Foram. Houve trocas de acusações? Sim, houve. Mas eu jamais, nunca, nem Ana, nem mulher nenhuma, toquei em uma mulher”.

O empresário reconheceu que pensa em recomeçar a vida longe do Brasil: “No momento oportuno eu vou viajar, vou sair do país. Eu não tenho mais família, não tenho mais emprego. Eu era agente dela, marido e agora não sou mais nada. E eu vou ficar aqui sendo chamado de agressor? Dizer que fui cancelado seria um elogio, mas estão me massacrando”, completou.

Correa pediu perdão às mulheres, ao Brasil e disse que não acredita em uma reconciliação. Ele comentou ter ainda sentimentos por Hickmann, que pediu medida protetiva contra ex. “Eu vou ter que mesmo aprender a não amar. Desculpa, eu vou ter que aprender deixar de amar. Eu não deixei de amar a Ana, mesmo com tudo que já foi dito [por ela] e com todo esse massacre”, frisou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *