terça-feira, abril 23, 2024
Esportes

Empate do Santos no fim do clássico deixa Marcelo Fernandes otimista na luta contra degola

O empate conquistado pelo Santos, aos 54 minutos do segundo tempo, na Neo Química Arena, diante do Corinthians, deixou o técnico Marcelo Fernandes, do Santos, confiante na luta contra o rebaixamento.

“Eu não faço contas. Tenho jogo a jogo, sem projeção. Fazemos o jogo a jogo e o próximo é o Flamengo. Tudo que precisamos fazer está em nossas mãos”, disse o treinador santista. Referindo-se ao próximo compromisso na competição nacional, quarta-feira, no Mané Garrincha, em Brasília, pela 31ª rodada.

Apesar da confiança Marcelo Fernandes não aprovou o desempenho do time no clássico. “Quando tivemos a bola, tivemos ansiedade, demos chutão quando não precisava, quando dava para sair jogando. O primeiro tempo não foi o que esperávamos, pensamos numa coisa e deu outra, mas fomos para o intervalo, soubemos arrumar e o segundo tempo já foi melhor, continuamos sofrendo lances do Corinthians, mas também fomos lá e o Corinthians foi um pouco agredido.”

Marcelo opinou sobre o pênalti marcado sobre Soteldo, o lance mais polêmico do jogo. “Eu não tenho dúvida nenhuma, pegou no pé do Soteldo. O pé dele foi até para o lado. Aproveito sua pergunta para questionar porque o lance do nosso primeiro gol que foi invalidado não saiu no telão do estádio. Na Vila, por causa de um fio de cabelo tiraram aquele gol do Marcos Leonardo e hoje não mostraram no telão, me falaram que ia passar na sequência e estou até agora esperando. Era para ser assim, como foi com o pênalti.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *