domingo, março 3, 2024
Polícia

PM mata suspeito com fuzil, e sobe para 7 número de mortos na Baixada

Polícia Civil confirmou a sétima morte em Santos, no litoral paulista, após a Polícia Militar (PM) deflagrar uma nova fase da Operação Escudo na cidade. A vítima é um homem de 28 anos atingido por tiros de fuzil disparados por PMs das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) no fim da noite de domingo (4/2).

O operação foi montada para chegar aos autores do assassinato do soldado Samuel Wesley Cosmo, de 35 anos, que também era da Rota. Ele fazia uma varredura dentro de uma comunidade de Santos quando foi baleado. Samuel chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

O homem morto no domingo não teve a identidade divulgada pela polícia. Ele estava dentro de um carro de aplicativo próximo ao Morro São Bento. O motorista teria atendido à ordem de parada dos policiais militares e desceu do carro.

O passageiro, no entanto, que estava no banco da frente, teria apontado a arma contra os PMs, que reagiram. O suspeito foi atingido por tiros de fuzil e morreu após ser socorrido.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP), o caso foi registrado como morte decorrente de intervenção policial e homicídio tentado na Central de Polícia Judiciária (CPJ) e encaminhada ao 1º DP de Santos.

Fonte: Metropoles.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *