terça-feira, fevereiro 27, 2024
Famosos

Filho adotivo acusa Cid Moreira de estupro e sequestro; entenda

O jornalista Cid Moreira, aos 96 anos, enfrenta um novo capítulo na complexa disputa familiar com seus filhos adotivos, Roger e Rodrigo Moreira. Desta vez, Roger o acusa de abuso sexual e sequestro, intensificando a controvérsia que já dura anos.

Segundo Roger, os abusos sexuais teriam acontecido durante dez anos, a partir dos seus 14 anos, no condomínio Green Wood Park, no Rio de Janeiro. Ele ainda alega que a adoção por Cid foi uma manobra para ocultar os abusos e legitimar a proximidade entre eles.

Em julho de 2021, a disputa familiar ganhou os holofotes quando Roger e Rodrigo tentaram interditar Cid alegando sua idade avançada e questionaram a gestão de seus bens pela esposa, Fátima Sampaio. Cid refutou as acusações e atribuiu-as a motivações financeiras dos filhos.

A controvérsia se aprofundou em outubro de 2021 com o vazamento de um áudio de Roger sugerindo um relacionamento anterior de Cid com Fátima.

A equipe de Cid nega veementemente as novas acusações, classificando-as como “difamatórias”. Um comunicado à imprensa destaca série de processos anteriores movidos por Roger, julgados como infundados. “Esta não é a primeira vez que Roger acusa Cid de maneira difamatória”, destacou a assessoria, criticando a inconsistência nas acusações.

A assessoria questiona as motivações de Roger. “O maior questionamento que se faz hoje é: como alguém que queria a guarda do pai para cuidar e ‘dar amor’ agora pede a prisão do mesmo?”

Para concluir, a equipe de Cid ainda afirmou que tomará medidas judiciais, confiante de que, mais uma vez, as acusações serão desmentidas, reforçando a confiança na justiça “térrea e divina”.

Leia Também: Princesa Anne é confrontada com pergunta sobre Charles III e ignora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *