terça-feira, fevereiro 27, 2024
Mundo

Homem fica paralisado e morre após bombeiros o deixarem cair

Um homem de 76 anos, Ronald Shuck, morreu no estado norte-americano do Arizona após um incidente com bombeiros que o deixou paralisado. O caso aconteceu no dia 5 de janeiro e Ronald faleceu em 23 do mesmo mês.

Segundo a família, Ronald sofria de diabetes e tinha pernas fracas. No dia do incidente, ele teve dificuldade para se manter em pé e sua esposa, sem força para ajudá-lo, chamou os bombeiros.

De acordo com o relato do filho de Ronald, Ryan Shuck, os bombeiros de Phoenix colocaram o homem em uma cadeira de escritório com rodas e sem braços e tentaram levantá-lo pelos três degraus da varanda. Ronald acabou caindo no chão e batendo a cabeça, causando grande susto em sua esposa.

Embora Ronald tenha reclamado de dores no pescoço e passado por um teste de movimento da coluna que indicava normalidade, ele foi ficando cada vez mais paralisado após o incidente. Ele faleceu em 23 de janeiro, deixando sua família devastada.

“Ele não conseguia mais se mover, falar, comer ou beber. Vê-lo dar seu último suspiro foi provavelmente o momento mais difícil da minha vida”, disse Ryan.

A família de Ronald está considerando uma ação legal contra os bombeiros e questiona por que não foi utilizada uma maca ou cadeira de rodas adequada para a situação.

Leia Também: Policial acusado de 13 estupros disse a mulher que não acreditariam nela

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *