terça-feira, fevereiro 27, 2024
Famosos

Twice, grupo feminino de k-pop, desperta euforia de BTS com megashow em SP

(FOLHAPRESS) – O Twice fez o primeiro grande show de um grupo de k-pop feminino no Brasil com um público eufórico, munido de bastões luminosos coloridos e carregado de rosa e saias plissadas xadrez nos looks.

Elas retomam as mega apresentações do gênero ao subir no palco nesta terça (6) e quarta-feira (7) no Allianz Parque, em São Paulo, e repetem o feito do BTS, que esgotou duas datas no mesmo estádio, em 2019.

Pela primeira vez no país, o “girl group” é o principal grupo feminino atual do pop da Coreia do Sul –ao lado do Blackpink, nome mais conhecido no Ocidente–, sendo o segundo artista com o maior número de prêmios em programas musicais coreanos, principal termômetro de sucesso no país asiático, atrás apenas do BTS.

O grupo, formado em 2015 por meio de um reality show da gravadora JYP Entertainment, reúne nove integrantes: Jihyo, Nayeon, Jeongyeon, Momo, Sana, Mina, Dahyun, Chaeyoung e Tzuyu. Elas vêm ao Brasil com a “Ready to Be”, sua quinta turnê mundial. Os ingressos para esta terça se esgotaram, mas ainda há entradas disponíveis para quarta.

Antes da apresentação principal, o grupo Vcha fez um show breve de abertura, apresentando três canções em inglês. O sexteto, formado em maioria por garotas de fora da Ásia, foi lançado há duas semanas pela mesma JYP Entertainment em parceria com gravadoras americanas, numa tentativa de emplacar um grupo pop global seguindo os moldes da indústria sul-coreana.

O público, equilibrado entre jovens dos dois sexos, já reagia com animação e gritava o nome do grupo novato, mesmo sem acompanhar as canções recém-lançadas. Um telão da largura do palco passou a exibir closes das integrantes do Twice, mulheres com idades de 24 a 28 anos, como se estivessem num desfile de moda.

Vestindo figurinos vermelhos, elas subiram ao palco às 19h30 a gritos de “Twice, eu te amo” e contagem regressiva dos once, como são chamados seus fãs.

Acompanhadas de dezenas de dançarinas, começaram a performance com “Set me Free”, single do álbum mais recente, e logo a plateia acompanhou a letra e começou a copiar as dancinhas na pista.

A primeira seção apresentou as músicas mais maduras e recentes do grupo, como “I Can’t Stop Me”, “Moonlight Sunrise”, cantada em inglês, e “Go Hard”, na qual o telão mostra as silhuetas das integrantes enquanto elas fazem uma coreografia sensual.

A pegada sexy também surgiu em algumas das performances solo. Mina, de origem nipo-americana, rebolou de costas para o público enquanto cantava um cover de “7 Rings”, de Ariana Grande. Momo, a dançarina principal, dançou em um pole dance.

Sana, também japonesa, fez uma coreografia deitada no chão ao som de “New Rules”, de Dua Lipa.

Leia Também: Princesa Anne é confrontada com pergunta sobre Charles III e ignora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *