sábado, março 2, 2024
Nacional

Turista desaparece ao entrar no mar com pranchinha de isopor em Praia Grande

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Um turista de Cotia, região metropolitana de São Paulo, desapareceu depois de entrar no mar usando uma pranchinha de isopor, em Praia Grande, no litoral paulista, na última quarta (7).

Hugo Alves Santiago, 27, entrou no mar na praia da Guilhermina. Ele estava com um primo de 16 anos, quando começou a se afogar, de acordo com o GBMar (Grupamento de Bombeiros Marítimos).

A mãe do homem, de 57 anos, relatou que viu quando o filho começou a se afogar e acionou os bombeiros. Ela indicou o local para a equipe, que entrou na água para procurá-lo, mas ele não foi localizado.

O primo contou que em determinado momento Santiago se soltou da pranchinha e começou a se afogar. O adolescente conseguiu sair e procurar ajuda.

Os bombeiros mantêm buscas diárias desde quarta, mas o turista ainda não foi encontrado.

Até sexta, 27 pessoas morreram nas praias do litoral paulista, vítimas de afogamento. Outras 1.103 foram salvas, de acordo com o GBMar. Em todo o ano passado, 82 pessoas morreram por afogamento nas praias do litoral paulista e 3.926 acabaram salvas.

Os dados são de ocorrências em Guarujá, Santos, São Vicente, Bertioga, Praia Grande, Mongaguá, Caraguatatuba, São Sebastião, Ubatuba, Itanhaém, Peruíbe e Ilha Comprida.

DICAS PARA EVITAR AFOGAMENTOS

Respeite a sinalização. As placas de advertência reforçam sobre os limites e avisos de perigos;
Procure o salva vidas local e verifique os pontos mais seguros para banhistas;
Procure reconhecer a profundidade do local, principalmente em regiões que contenham pedras, como rios e cachoeiras;
Evite nadar próximo a barcos, navios e outras embarcações;
Insira equipamentos de proteção nas piscinas, como grades, cercas e tablados;
Atente-se com as crianças: pais e responsáveis devem manter o olhar constante para evitar perigos na água, uso de boias são recomentadas para os pequenos;
Utilize coletes salva-vidas em barcos e para realização de atividades esportivas na água, como o stand-up padle, a canoa havaiana etc.;
Mantenha objetos flutuantes por perto. A boia é uma excelente alternativa para auxiliar durante o mergulho.Fonte: Hospital Alemão Oswaldo Cruz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *