domingo, março 3, 2024
Famosos

Músicas de Michael Jackson são vendidas por R$ 3 bi em maior transação da história

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O grupo Sony Music adquiriu metade do catálogo de Michael Jackon por US$ 600 milhões (R$ 2,9 bilhões). De acordo com o site Variety, é o maior acordo da história para a compra de ativos de um único músico.

O catálogo do cantor é estimado em US$ 1,2 bilhão (R$ 5,9 milhões) e inclui títulos de outros artistas, como Sly & the Family Stone, Jerry Lee Lewis, Jackie Wilson, Curtis Mayfield, Ray Charles, Percy Sledge, Dion, entre outros.

Segundo estimativas da Billboard, o catálogo do rei do pop gera cerca de US$ 75 milhões por ano. Esse valor inclui a propriedade das gravações principais e pagamento de royalties para o uso de canções em shows teatrais.

A Sony foi a gravadora do americano durante sua carreira solo e nos últimos anos da banda Jackson 5, grupo no qual despontou na indústria musical. Ele morreu em 2009, aos 50 anos, faltando apenas 18 dias para que voltasse aos palcos e desse início a uma série de shows pelo mundo.

Jackson foi um dos maiores artistas da música pop do século passado, com 14 músicas em número um nas paradas norte-americanas, incluindo “Beat It”, “Billie Jean” e “Black or White”. Seu disco “Thriller”, de 1982, é considerado o mais vendido da história da música -números variam de 50 milhões a 104 milhões de cópias comercializadas.

Leia Também: Perfis de Marina Ruy Barbosa e outros artistas são hackeados nas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *