sexta-feira, fevereiro 23, 2024
Esportes

Galvão Bueno elogia enredo do Salgueiro sobre Amazônia e povo Yanomami

(FOLHAPRESS) – O narrador Galvão Bueno, 73, não fez jogo duro ao ser questionado sobre a sua torcida por uma escola de samba do Carnaval do Rio de Janeiro. Carioca da Tijuca, o narrador diz ser torcedor do Salgueiro.

“Sempre torci pela escola, mas não anunciava (risos). Mas, agora dá. Sou salgueirense e Flamengo”, reforçou em entrevista à reportagem, se referindo ao tempo em que não era de bom tom falar sobre as suas preferências por ser titular das transmissões de futebol.

Convidado para curtir a primeira noite de desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro na madrugada desta segunda (12), Galvão opina até sobre o enredo da agremiação vermelha e branco sobre a defesa da Amazônia e o povo Yanomami.

“Gostei muito. Um tema necessário para a nossa sociedade. Um alerta. Temos que preservar as nossas florestas e pensar também na questão climática”, comentou.

Galvão Bueno também falou sobre futebol. O jornalista lamentou a não classificação da seleção brasileira olímpica do Pré-Olímpico. O Brasil perdeu por 1 a 0 da Argentina, e perdeu a chance de ganhar sua terceira medalha de ouro seguida.

“Infelizmente não vamos aos Jogos Olímpicos em Paris. É um resultado vergonhoso de uma equipe horrorosa”, detonou o narrador.

Leia Também: Palmeiras desafia lanterna Santo André para manter tranquilidade na liderança da chave

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *