Referências a drogas, conteúdos explícitos, agressões verbais às autoridades… Algumas músicas se propõem a ser controversas. Outras acidentalmente acabam entrando em território perigoso. Músicos, vez ou outra, fazem canções para desafiar crenças ou expressar algo que choca os ouvintes, o que pode até resultar na perda de fãs. Letras com duplo sentido também fizeram com que artistas fossem banidos ou censurados nas rádios e na TV, levando a polêmica a um novo nível.

A última polêmica envolveu a cantora Lizzo. Ela precisou fazer mudanças na letra de ‘Grrrls’ depois de receber muita crítica de que a música tinha teor capacitista, ou seja, mostrava preconceito contra pessoas com deficiência. O trecho polêmico é o seguinte: “Hold my bag, bitch, hold my bag. Do you see this shit? I’ma spazz”, que em tradução livre seria algo como “segure minha bolsa, v a d i a. Eu sou louca”. Não parece nada demais, mas o problema está na palavra spazz que pode tanto significar uma gíria para “estou surtando” quanto formalmente significa os espasmos de quem tem paralisia cerebral.

Quer descobrir as músicas internacionais mais polêmicas de todos os tempos? Clique na galeria!