Categoria: Corinthians

Corinthians, Esportes, São Paulo FC
São Paulo tem dois tempos distintos em empate contra o Corinthians

O São Paulo que empatou por 2 a 2 contra o Corinthians, na Neo Química Arena, pelo Campeonato Paulista, foi um time que demonstrou ‘duas caras’ no mesmo jogo. Com uma equipe mista devido ao jogo da Libertadores na próxima quarta-feira, contra o Racing, na Argentina, o Tricolor até começou bem.São Paulo demonstrou luta contra o Corinthians, mas oscilou no jogo (Foto: Rodrigo Corsi/Paulistão)© Fornecido por LANCE! São Paulo demonstrou luta contra o Corinthians, mas oscilou no jogo (Foto: Rodrigo Corsi/Paulistão)

ATUAÇÕES: Miranda e Luciano são destaques do São Paulo no empate contra o Corinthians

Os primeiros minutos foi de um São Paulo ligado, marcando a saída de bola corintiana, que errava muitos passes. Luan desarmava e saía jogando bem, Miranda dava conta do recado na zaga, mas faltava aquele último passe. Ele veio ao 15, quando Igor Gomes cruzou na cabeça de Miranda, que testou firme para abrir o placar.

Com a vitória parcial, o São Paulo passou a dar mais campo ao Corinthians, até que num lance ‘corrido’, Arboleda não acompanhou Ramiro na corrida. Luan, sozinho, chegou de trás, fuzilando a meta de Tiago Volpi. A essa altura do jogo, o Tricolor não ameaçava muito mais o gol de Cássio. Vitor Bueno teve duas boas chances, mas chutou errado ambas. Galeano demonstrava vontade, mas não acertava nas decisões.

Galeria: ATUAÇÕES: Em noite inspirada, Luan marca um e participa do segundo gol do Corinthians no empate com o São Paulo (LANCE!)

  • Slide 1 de 17: Na noite deste domingo (2), Corinthians e São Paulo empataram em 2 a 2 pela 10ª rodada do Campeonato Paulista, na Neo Química Arena. Com um marcado e participação direta no segundo gol, o atacante Luan foi o destaque do Timão. Confira as notas dos jogadores do Corinthians no Majestoso! (Por Redação LANCE! SP)
  • Slide 2 de 17: Cássio: 5,0 – Não conseguiu impedir a cabeçada de Miranda que abriu o placar e o pênalti de Luciano que empatou a partida. No entanto, foi bem na sequência da partida e evitou outros gols do adversário.
  • Slide 3 de 17: João Vitor: 5,0 – Cometeu o pênalti que tirou a vitória do time no último minuto.
  • Slide 4 de 17: Jemerson: 5,0 - Em uma falha coletiva da defesa, não conseguiu impedir que Miranda subisse sozinho para fazer o primeiro gol do adversário.
  • Slide 5 de 17: Raul: 6,0 – Fez uma partida regular, sem complicações.
  • Slide 6 de 17: Fagner: 6,5 – Jogando como ala, conseguiu chegar a frente mais vezes e ajudar o time no ataque. Fez o cruzamento que originou o segundo gol do Corinthians.
  • Slide 7 de 17: Gabriel: 6,0 – Cumpriu suas funções e ajudou a equipe.
  • Slide 8 de 17: Ramiro: 6,0 – Teve uma atuação regular e ainda deu a assistência para o gol de Luan.
  • Slide 9 de 17: Lucas Piton: 5,0 – Fez uma partida discreta e pouco participou.
  • Slide 10 de 17: Otero: 5,0 – Não conseguiu desenvolver um bom futebol e foi substituído.
  • Slide 11 de 17: Luan: 7,5 – Em noite inspirada, fez o gol do empate e ainda participou da jogada que originou o segundo gol.
  • Slide 12 de 17: Cauê: 6,0 – Buscou ajudar nas jogadas ofensivas da equipe e fez um bom jogo.
  • Slide 13 de 17: Gustavo Silva: 7,0 – Entrou no segundo tempo e fez o gol de cabeça que colocou o time na frente.
  • Slide 14 de 17: Roni: Sem nota – Entrou nos minutos finais da partida.
  • Slide 15 de 17: Gil: Sem nota – Entrou nos minutos finais da partida.
  • Slide 16 de 17: Mateus Vital: Sem nota – Entrou nos minutos finais da partida.
  • Slide 17 de 17: Vagner Mancini: 6,0 – Inovou ao escalar o time com três zagueiros, dando mais liberdade aos alas. Acertou na primeira substituição que fez, já que o segundo gol do time saiu de um jogador que estava no banco. Viu o time deixar a vitória escapar após uma falha individual do zagueiro.

Slide 1 de 17: Na noite deste domingo (2), Corinthians e São Paulo empataram em 2 a 2 pela 10ª rodada do Campeonato Paulista, na Neo Química Arena. Com um marcado e participação direta no segundo gol, o atacante Luan foi o destaque do Timão. Confira as notas dos jogadores do Corinthians no Majestoso! (Por Redação LANCE! SP)Próxima TelaGaleria automática Tela cheia1/17 SLIDES © Rodrigo Coca/Agência CorinthiansNa noite deste domingo (2), Corinthians e São Paulo empataram em 2 a 2 pela 10ª rodada do Campeonato Paulista, na Neo Química Arena. Com um marcado e participação direta no segundo gol, o atacante Luan foi o destaque do Timão. Confira as notas dos jogadores do Corinthians no Majestoso! (Por Redação LANCE! SP)

O segundo tempo começou e o São Paulo continuou com os problemas nas armações de jogadas. Para se ter uma ideia, o time de Crespo deu 361 passes, sendo 234, ou seja 65% certos. A dificuldade na criação era mais evidente. Somente no segundo tempo, foram 34 bolas longas, com apenas 14 certas.

No entanto, o time não sofria muito na defesa. Arboleda bobeou e Luan quase virou. Crespo, então, colocou Benítez e Luciano para mudar o panorama do jogo. Um mudou para o ‘mal’ e outro para o ‘bem’. Primeiro, vamos para a parte ruim. O argentino tentou driblar no meio e perdeu a bola. Luan lançou para Fagner, que cruzou rasteiro para Gustavo Silva, vulgo Mosquito, virar.

Faltavam apenas cinco minutos, mais os acréscimos. E aí entrou o espírito de luta do São Paulo, que não desistiu. Aos 50, Pablo foi derrubado na área por João Victor em um lance despretensioso. Pênalti, que Luciano bateu e fez o gol de empate.

O tabu não foi quebrado, mas uma coisa é certa: vontade não faltou para o São Paulo. Como disse Crespo na entrevista coletiva: ‘Eu tenho um time que luta’.

Corinthians, Esportes, São Paulo FC
Tricolor paulista joga contra Timão às 22h 15m deste domingo na arena neo química

Na noite desta sexta-feira, menos de 48 horas antes do Majestoso, a Federação Paulista de Futebol finalmente definiu o horário de Corinthians x São Paulo, na Neo Química Arena, neste domingo, pelo Paulistão-2021. A bola vai rolar às 22h15 após o poder público não permitir a realização da partida às 16h.Corinthians e São Paulo se enfrentam neste domingo, às 22h15 (Foto: RENATO GIZZI/Photo Premium/Lancepress!)© Fornecido por LANCE! Corinthians e São Paulo se enfrentam neste domingo, às 22h15 (Foto: RENATO GIZZI/Photo Premium/Lancepress!)

TABELA

> Veja classificação e simulador do Paulistão-2021 clicando aqui

GALERIA

> Veja 30 técnicos brasileiros sem clube atualmente

Durante a semana, a FPF já havia divulgado todos os horários dos jogos deste final de semana e da próxima semana, exceto pelo clássico entre Timão e Tricolor, já que havia uma indecisão em relação à possibilidade de transmissão na TV aberta, o que exigiria que o duelo acontecesse na parte da tarde.

O problema é que o protocolo definido para a volta do Paulistão nas últimas semanas somente permite a realização das partidas após 20h, para evitar a aglomeração dos torcedores em meio à pandemia de coronavírus. Sendo assim, a mudança de horário e a consequente quebra de protocolo foram vetadas e o jogo ficou para as 22h15 e a transmissão será pelo Premiere.

Até o início da noite desta sexta-feira, nem Corinthians, nem São Paulo sabiam o horário em que entrariam em campo no domingo. Tanto é que o Timão deixou pendente a divulgação do horário em que o elenco treinará neste sábado. Com a definição do Majestoso, o grupo trabalha na parte da tarde.

Ambos os times já conquistaram a classificação de forma antecipada para as quartas de final do Paulistão. O objetivo agora é fazer a melhor campanha possível para ter vantagem de definir os confrontos em casa durante toda a fase de mata-mata do estadual. Com compromissos por Libertadores e por Sul-Americana no meio da semana, as duas equipes devem ser alternativas.

Corinthians, Esportes
Corinthians perde para Peñarol e se complica na Sul-Americana; gols do jogo aqui

O Corinthians segue sem vitórias na Copa Sul-Americana. Com muita aplicação e técnica, o Peñarol (Uruguai) saiu da Neo Química Arena com uma vitória de 2 a 0 sobre a equipe brasileira, e lidera o Grupo E com seis pontos. O Timão é apenas o 3º colocado, com um ponto conquistado em duas rodadas. González e Terans marcaram para os uruguaios.

Derrota em casa

O Corinthians passou aperto logo no primeiro minuto de jogo. Cantillo perdeu a bola, Cássio saiu para tentar salvar, tomou o drible, mas a defesa paulista conseguiu impedir o chute. O Timão respondeu aos cinco minutos. Fagner recebeu na direita e cruzou na medida para Luan, que arrematou de primeira, de perna direita, mas jogou por cima do gol. O camisa 7 teve nova chance aos nove minutos. Ele recebeu passe de Fábio Santos e bateu de fora da área para a boa defesa de Dawson.

Quem abriu o placar foi o Peñarol. Aos 12 minutos, Bruno Méndez perdeu a bola para Terans. O camisa 11 avançou pelo meio e tocou na medida para González colocar com categoria na saída de Cássio.

O Corinthians quase empatou aos 17 minutos. Camacho lançou na área e Jô tentou de letra. Na sobra, Bruno Méndez chutou forte e Dawson botou para escanteio. O Peñarol não recuou e só não fez o segundo porque Cássio fez um milagre. Aos 29 minutos, Terans recebeu cruzamento pela direita e cabeceou no canto direito do goleiro, que se esticou todo para evitar o gol.

O jogo era lá e cá. Aos 31 minutos, Léo Natel arriscou quase sem ângulo e o goleiro do Peñarol colocou para escanteio. Na cobrança, Luan recebeu dentro da área e soltou a bomba. Dawson fez grande defesa. No rebote, Bruno Méndez arriscou, mas ficou fácil para o camisa 12 uruguaio.

O Timão melhorou muito e passou a pressionar o time uruguaio. Aos 39 minutos, Otero cobrou escanteio e a bola sobrou para Luan. O camisa 7 tentou ajeitar para o chute e acabou sofrendo o toque de Kagelmacher. Os brasileiros pediram pênalti, mas o árbitro mandou seguir.

A última boa chance do primeiro tempo foi do Corinthians. Fágner encontrou Léo Natel pela direita, ele cruzou rasteiro na área e Jô, sozinho, na marca da pequena área, arrematou mal e perdeu a melhor oportunidade do Timão.

O segundo tempo começou com o Corinthians pressionando o time uruguaio, mas sem conseguir finalizar. Depois de três chegadas na área do Peñarol, o Timão acabou sofrendo o segundo em um contra-ataque. Aos 10 minutos, Gargano lançou para Piquerez na esquerda. O lateral esquerdo cruzou de primeira e Terans apareceu na segunda trave, sozinho, e desviou de coxa para ampliar a vantagem.

Mesmo com mais volume de jogo, o Corinthians não conseguia assustar o goleiro Dawson. Na tentativa de partir para cima do adversário, os donos da casa quase sofreram o terceiro. Trindade cobrou falta pela direita e Schiappacasse desviou de cabeça. Cássio saiu mal e a bola passou raspando a trave direita.

A melhor oportunidade na segunda etapa veio aos 43 minutos. Fagner cobrou falta no bico da grande área pela direita e acertou a trave esquerda de Dawson. Foi a última tentativa de diminuir a vantagem.

Na próxima rodada, o Corinthians enfrenta o Sport Huancayo (Peru), na próxima quinta (6) em Huancayo, a uma altitude de mais de 3.200 metros.